Juara – Mato Grosso

15 de junho de 2024 01:16

[dataehoranews]

Boletim de Ocorrência relata detalhes sobre tiroteio em Show de Maiara & Maraísa em Juara. Confira

Na noite do dia 16, por volta das 2 horas da madrugada, no manhã centro de eventos da ACRIVALE, o show com a dupla sertaneja Maiara e Maraísa reuniu centenas de pessoas quando uma rajada de tiros foi ouvida causando um grande tumulto dentro da Arena.

Segundo informações preliminares, policiais de outro município estavam à paisana, dentro da arena para assistir o show e que teriam sacado a arma na intenção de conter uma briga que se iniciava e atiraram para cima. Vários vídeos pelas redes sociais mostram a cena e o pânico que acarretou, onde as pessoas não sabiam para que lado correr, e fragilizando todos.

Por sorte um, dois policiais militares de Juara sendo um deles o tenente Elton, conteve, desarmou e deu voz de prisão para o atirador. Todos foram levados a PM.

A empresa responsável pelo show de Maiara e Maraísa em Juara foi a saga Produções sediada na cidade de Sinop.

De acordo com o boletim de ocorrências lavrados, a guarnição de polícia militar SGTPM Anildo e SDPM Zampar onde narraram, que foram acionados para atender uma ocorrência, evento/show na ACRIVALE, no local estava presente o TenPM Elton Luiz machado, juntamente com os SDPM Bruno Soares de Moura e SDPM William Ribeiro Pádua.

Consta que no local, o TENPM Elton relatou, que ouviu disparos de arma de fogo, indo em direção ao fato visualizou o SDPM Bruno Soares realizando disparos para o alto, posteriormente constatou que se tratava de policiais militares.

Após presenciarem uma briga generalizada, visualizaram a pessoa mais tarde identificada por D.B.N sendo agredido, por aproximadamente 06 indivíduos não identificados, e ao perceberam que o tumultuo vinha em sua direção, sendo o SDPM Willian ribeiro agredido com um soco no rosto (resultando em hematoma em seu olho direito e escoriações no braço direito), assim como tentaram retirar as armas dos policiais, momento que foi realizado disparos para o alto, dispersando os agressores. Mais tarde na sede da PM de Juara o acusado  D.B.N., bastante ensanguentado, vestes e face, relatou que aproximadamente 06 indivíduos partiram em sua direção, o agredindo com socos, chutes e pisoes em sua cabeça, resultando em lesões em seu rosto, agredindo também com um soco no estômago de sua namorada, que o fato ocorreu após um dos agressores assediar a irmã menor de idade de (16 anos), e deu início as agressões, momento que agrediram os policiais militares, que estavam próximo a confusão, quando então, ocorreram os disparos dispersando os agressores.

O acusado contou ainda, que os seguranças do evento visualizaram os agressores porém não realizaram a contenção deles, somente intervindo após os disparos.

Foram apreendidos pela PM de Juara:

W.R.P. (suspeito) com  16 munições intactas calibre 9mm e uma munição deflagrada

B.S.M e com ele uma pistola g17, marca glock, n° bnwp420  e doze munições intactas.

O caso foi levado para a delegacia de Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências, onde a polícia vai investigar ainda, se a organização do show possuía de fato todos os quesitos necessários para realização de eventos com mais de 3.000 na forma da lei.

Obs: Fonte dos videos e fotos de autor desconhecidos que circulam pelas redes sociais

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br