Juara – Mato Grosso
Quinta-Feira, 11 de Agosto de 2022

Bombeiros Militares de Juína fazem alerta população e pedem que evitarem as queimadas

Preste a finalizar o mês de maio para o início do mês de junho, período mais seco do ano, um incêndio de grande proporção já foi registrado no município de Juara em um barracão de uma antiga indústria de madeira e lamina.

O fato é preocupante, segundo disso o secretário de cidades de Juara, porque o município ainda não possui uma unidade de corpo de bombeiros, e por isso, ele pediu que a população se conscientize sobre essa questão, e evite atear fogo e folhas e galhos nos quintais, visto que, além disso é proibido por lei.

No incêndio ocorrido nesta quarta-feira, dia 25 em Juara no barracão da antiga madeireira, por pouco não causou danos maiores, e para conter as chamas, a prefeitura agiu rápido com um caminhão pipa e contou ainda com ajuda de terceiros.

O soldado Calans integrante da 14ª Companhia Independente de Bombeiros Militares de Juína concedeu entrevista a Rádio Tucunaré e explicou que as pessoas precisam ficar atentas a esses fatos, e que a unidade de Bombeiros Militares que pertence a essa região já vem fazendo um trabalho de conscientização, ações orientativas e preventivas, assim como faz todos os anos, mas é preciso contar com apoio da população, até mesmo fazendo denúncias, quando presenciarem fatos criminosos de pessoas ateando fogos em vias públicas, quintais ou terrenos baldios.

Existem cuidados essenciais, como por exemplo, não jogar bituca de cigarros em locais secos, capim, palhas, restos de madeiras, entre outros, e evitar objetos que gere fogo em local perigoso.

No dia 15 de julho inicia-se o período proibitivo das queimadas nas áreas rurais para quem tem licença e autorização para isso. Já na zona urbana, o período proibitivo das queimadas é durante todo ano, conforme preconiza a lei.

Para fazer a denúncia, a pessoa deverá ligar gratuitamente no telefone 193 e falar diretamente com os membros do corpo de bombeiros ou, no caso de Juara para a Polícia Militar via 190 ou Polícia Judiciária Civil através do 197.

Fonte: acessenoticias/radio Tucunare

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.