Juara – Mato Grosso

24 de junho de 2024 18:12

[dataehoranews]

Carlos Sirena: inauguração da pavimentação da pista de Aeroporto, impacto do novo piso da enfermagem e outros.

No quadro de entrevistas do Repórter Tucunaré desse dia 12, o prefeito Carlos Sirena compareceu ao vivo nos estúdios da Rádio Tucunaré, acompanhado de sua esposa Sílvia Sirena, vice-prefeito Nei da Farmácia e do Secr. de desenvolvimento econômico João Rissote.

Carlos iniciou falando da satisfação de ter tido a oportunidade de comparecer numa reunião com o presidente Bolsonaro e destacou, que se identificou muito com o discurso do presidente, no que se refere a valores da preservação família, religião e outros. Ele emendou dizendo que Juara não é mais fim de linha e que o progresso está chegando de forma galopante, com várias linhas pavimentadas, que vão tirar Juara da condição do anonimato e isso já está acontecendo, destacou.

O prefeito aproveitou para convidar os ouvintes para inauguração da pista do aeroporto, que deve acontecer no dia 28, sem a presença do governador e demais autoridades que contribuíram para concretização dessa obra, devido o período eleitoral.

A empresa AZUL poderá realizar uma linha de voo comercial em Juara, mas essa informação ainda não está concretizada.

Sobre o fechamento do frigorífico JBS em Juara, Sirena disse, que já entrou em contato com os demais prefeitos e que o argumento da empresa, é que a planta não está dando lucro.

Ocorre que o poder público não tem alcance para decidir sobre propriedade privada, ou seja, se a direção do frigorífico decidiu fechar, a prefeitura não tem prerrogativa para impedir, destacou.

O prefeito lembrou que a Prefeitura ajudou a unidade contratando 17 veterinários para ajudá-los na fiscalização e que sempre esteve dando o apoio que pediram, por isso ficou indignado com o fechamento da unidade em Juara.

De qualquer forma, o fechamento da unidade está causando aborrecimento e preocupação devido ao número de desempregados. Carlos acredita, que possivelmente uma outra empresa deva assumir essa planta, porque ele não acredita, que vão deixar uma estrutura física desse porte deteriorar-se. Ele disse que não tem como prever, mas lhe parece uma hipótese bastante possível.

O outro ponto forte da entrevista foi em relação ao aumento súbito concedido pelo Congresso Nacional com a sanção do presidente, para a enfermagem de todo o país.

Carlos relatou, que o impacto na folha de pagamento da Prefeitura de Juara é da ordem de 300 mil reais ao mês e que ainda não sabe, como vai fazer para cobrir esse gasto e também pelo fato de estar extrapolando o limite de 53% de gasto com folha e vai pedir para o Tribunal de Contas uma orientação.

Como este fato é bastante recente, o prefeito ainda deve reunir-se com os vereadores, com o Sindicato dos Servidores e demais organismos para encontrar caminhos para resolver essa dificuldade, pois a lei federal precisa ser cumprida, mas não sabe dizer no momento, sobre possíveis demissões no quadro funcional, para poder cumprir com a lei do novo piso da enfermagem.

Juara trabalha no limite da alíquota tolerável, 53% da arrecadação que é destinada a folha de pagamento e com este aumento repentino de mais de 40%, terá que fazer uma readequação do quadro funcional, porque vai extrapolar em muito, a alíquota permitida pela lei de responsabilidade, cujo órgão fiscalizador é o Tribunal de Contas do Estado.

Antes de encerrar a entrevista o secretário de desenvolvimento João Rissote, esclareceu as dúvida sobre o 7° FESPEVA e convidou a população para participar do evento que está bem organizado e com todas as medidas de segurança no dia 20 e 21 na Ilha Bela com shows de artistas locais e demais atrações.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias