baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 18 de Setembro de 2021

Confira as propostas e ações dos vereadores de Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Construção de Ponte de concreto sobre rio dos peixes sentido Itapiúnas é luta de Leo Boy

O Vereador Leo Boy relatou sobre suas últimas ações como parlamentar e citou seu empenho em buscar recursos para a construção de ponte de concreto sobre o  rio dos Peixes sentido Itapiúnas.

Ouça o áudio com as informações

—————————–

Vereador Eraldo Markito quer diminuição dos valores na conta de água em distritos e na zona urbana

O vereador Eraldo Markito relatou a reportagem, que seu foco nesse momento, está sobre o valor cobrado pelo consumo de agua tratada no distrito de Águas Claras, Paranorte e outros distritos e devido ao alto valor, sua preocupação é não prejudicar os produtores e também os moradores da zona urbana  com  o aumento nas contas de água de 23%.

Ouça o áudio com as informações

——————————

Valores de cobrança de águas tratada é preocupação de Vereador Luciano Olivetto com a classe produtora

O vereador Luciano Olivetto falou a reportagem sobre algumas das suas reivindicações ao executivo municipal e destacou sua preocupação sobre os valores cobrados pela água tratada no distrito de Águas Claras, pois isso pode inviabilizar produtores da agricultura familiar. “A reunião foi produtiva e o Prefeito se comprometeu em atender essas demandas o mais breve possível. Nós estamos cobrando, fazendo as indicações da população ali do distrito de Águas Claras”. Ele fala ainda sobre outros temas.

Ouça o áudio com as informações

————————

Manutenção de Pontes e estradas na zona rural é a preocupação de parlamentar Wellington Martins

Vereador Wellington Martins esteve em visita nos assentamentos de Paranorte, observou a necessidade de reparos na serra, que está causando problemas e vai pedir ao Executivo para melhorar pontos críticos como a serra e a e pontes. “… um problema na serra de Paranorte sentido Nova Monte Verde, na serra com muitos problemas, todo ano e aonde a gente precisa, com reivindicação da população, mandar o maquinário, para rebaixar aquela Serra, onde o prefeito fez esse compromisso, assim que possível, mandar o maquinário para melhorar aquela Serra e também a ponte do rio matrinxã

Ouça o áudio com as informações

——————————–

Vereadora Marta busca a Regularização fundiária de terrenos para promover a justiça social.

A Vereadora Marta Dalpiaz relatou a reportagem sobre os vários terrenos irregulares, sem documento e por isso, ela considera que o executivo precisa promover essa regularização o mais rápido possível através de lei federal que existe e agilize esse trabalho. “…A regularização fundiária urbana e nós temos uma Lei Federal de 2017, que é conhecida como a REURB, é a lei de regularização fundiária urbana, lei 13.465. Ela propõe um caminho muito mais simples para se fazer regularização fundiária urbana. Ela permite ao município criar comissão para avaliar fazer estudos urbanísticos e ambientais e avaliar a possibilidade de fazer a regularização fundiária e da documentação do terreno ao proprietário e em seguida o cartório fazer a certidão de regularização fundiária”.

Ouça o áudio com as informações

——————————————-

Pavimentação de bairro porto seguro depende de Tramites burocráticos, explica vereadora Monica

A Vereadora Monica Costa está com várias demandas para atender e a questão da pavimentação dos bairros. Ela busca apoio de seus correligionários para obter os recursos e explica sobre o andamento da pavimentação do bairro Porto seguro.

Ouça o áudio com as informações

———————————-

Vereadora Sandy confirma a implantação de serviço de hemodiálise para pacientes de Juara e região.

A vereadora Sandy de Paula anuncia que está confirmada a implantação de serviço de tratamento por hemodiálise para pacientes de Juara e região. “Juína já adquiriu as máquinas através de uma Emenda parlamentar do ex-deputado Estadual Ságuas Moraes e agora, o Governo do Estado se comprometeu em custear o serviço por oito meses e se nesses oito meses, não for credenciado pelo SUS, com recurso Federal, para estar mantendo esse serviço, ele ainda considera pagar a metade do tratamento até que seja credenciado pelo SUS e os municípios deverão custear a outra metade. Agora o que nós esperamos é que o local onde essas máquinas serão instaladas, seja construído e que comece a funcionar o mais rápido possível”.

Ouça o áudio com as informações

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site