Juara – Mato Grosso
Terca-Feira, 16 de Agosto de 2022

Denúncias sobre animais soltos em estradas rurais e vias urbanas de Juara devem ser feitas na Prefeitura

No município de Juara, a população reclama com intensidade a respeito de animais soltos na rua, colocando os condutores motociclistas em risco e também os pedestres.

Animais de todos os portes são encontrados em estradas rurais e vias urbanas, como aves, gatos, cachorros, caprinos e bovinos.

Em entrevista à rádio Tucunaré, o veterinário do INDEA Francisco Valtenio Salles, popular Chiquinho do INDEA, disse que é uma situação crítica e pede para que os donos prendam seus animais dentro de suas propriedades, mas essas reclamações não tem chegado somente nos meios de comunicação, mas também no órgão INDEA.

O INDEA trabalha com sanidade animal, mas com eles dentro de sua propriedade e não trabalha com animais que estão soltos nas vias públicas, e por isso, lembrou Chiquinho, que quando esteve Vereador, elaborou uma lei municipal para evitar que as pessoas fiquem procurando ajuda no INDEA ou na delegacia de polícia ou na militar ou na prefeitura sem saber o caminho correto a ser tomado.

Ele conta que na ocasião, a lei municipal relata que é responsabilidade da Prefeitura de Juara a questão dos animais soltos da zona urbana ou zona rural.

Os reclamantes devem procurar a Prefeitura Municipal de Juara para efetuar a sua denúncia e por isso, ele está surpreso que alguns vereadores que também participaram da aprovação dessa lei alguns anos, orientando pessoas para que procurem o ideia para fazer esse tipo de reclamação.

O INDEA  trabalha com sanidade animal que estejam dentro de sua propriedade afirmou.

O veterinário reforçou que os animais soltos causam problemas a sociedade.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.