Juara – Mato Grosso
Terca-Feira, 16 de Agosto de 2022

Embriaguez, desobediência e uso ilícito de drogas foram registrados nas últimas 24 horas em Juara

As ocorrências policiais aumentam durante os finais de semana em Juara, sendo na maioria delas perturbação do trabalho ou sossego alheio e embriaguez no volante.

De sexta-feira, 21 de janeiro para sábado, dia 22, mais duas ocorrências dessas naturezas foram registradas no 21º Batalhão da Polícia Militar.

A primeira aconteceu por volta das 15:00h, na área central da cidade que foi de natureza perturbação do trabalho ou sossego alheio, onde a guarnição policial composta pelo 3º Sargento PM Wexlei e cabo PM Valter foram acionados a um  estabelecimento onde havia uma pessoa incomodando os clientes, e que ele proferia palavras de baixo calão chamando tanto ela como as pessoa que estavam no local, de desgraçadas e de malditas, e que também o suspeito se debatia na estrutura das tendas do referido estabelecimento.

Diante os fatos o suspeito que foi identificado e conduzido juntamente com a vítima para de Polícia Judiciária Civil de Juara. Em consulta aos bancos de dados da políca foi constatado que existem vários procedimentos em nome do acusado, contundo não foi encontrado nenhum mandado de prisão contra ele, segundo informou a Polícia Militar.

Já o segundo fato aconteceu em horário aproximado das 03:00h da madrugada onde se trata de embriaguez, desobediência e uso ilícito de drogas.

A guarnição da Policia Militar composta pelo 1º tenente PM Thiago Silva e 3º sargento PM Witter em rondas na Avenida Rio Arinos depararam em frente a um estabelecimento conveniência, uma pessoa em situação suspeita, e ao realizar a abordagem no suspeito, ele tentou se desfazer de 02 (dois) pequenos invólucros de plástico transparente que em seu interior continha uma substancia de cor branca aparentando tratar-se de cocaína.

No momento da realização da abordagem, outro indivíduo do sexo masculino, em visível estado de embriaguez tentou obstruir o serviço da guarnição policial, que então foi verbalizado para que o mesmo se afastasse do local, entretanto, ele não obedeceu a ordem continuando a obstruir a guarnição policial de realizar a abordagem.

Diante da situação, o suspeito abordado, identificado e o indivíduo identificado que interviu foram conduzidos para a delegacia de Polícia Judiciária Civil para as providencias cabíveis.

Nos bancos de dados da polícia foi localizado procedimento em nome do acusado, porém, em consultas aos bancos de dados da rede INFOSEG não foi localizado mandado de prisão e nem armas em nome dele. O outro acusado que interviu também teve procedimento em seu nome.

Fonte: acessenoticias/radio Tucunare

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.