Juara – Mato Grosso

20 de junho de 2024 14:31

[dataehoranews]

Emergência Zoossanitária: Produtores de Juara e região são orientados a observar e relatar comportamento das aves

Na noite do dia 22 de maio, o governo brasileiro decretou estado de emergência zoossanitária devido à detecção da infecção pelo vírus da influenza aviária H5N1 de alta patogenicidade em aves silvestres no país. Em Juara, o veterinário técnico do Indeia, Francisco Valtenio Sales, conhecido como Chiquinho do Indeia, concedeu uma entrevista à Rádio Tucunaré para alertar os produtores locais sobre os cuidados necessários. Ele destacou a importância de observar o comportamento das aves e comunicar imediatamente o Indeia caso haja suspeita de infecção, ressaltando que os técnicos estão preparados para realizar coletas e exames.

Segundo Chiquinho do Indeia, a influenza aviária H5N1 é uma doença altamente contagiosa entre as aves, podendo causar graves impactos na saúde animal e na produção avícola. Essa também é uma doença que atinge o ser humano. Ele enfatizou a importância de os produtores estarem atentos ao comportamento das aves em suas propriedades e agirem prontamente em caso de suspeita de contaminação.

“É essencial que os produtores observem o comportamento das aves em seus rebanhos. Em caso de sinais de doença, como letargia, falta de apetite, secreções nasais ou oculares, e alta taxa de mortalidade, é fundamental comunicar imediatamente o Indeia”, alertou Chiquinho do Indeia.

Ele explicou que, em um rebanho contaminado, cerca de 80% das aves podem morrer em até 72 horas, o que ressalta a urgência em tomar medidas de prevenção e controle. O Indeia está preparado para lidar com a situação, dispondo de técnicos treinados e devidamente equipados com vestimentas adequadas para coletar as aves suspeitas e encaminhá-las para exames laboratoriais.

“A coleta e os exames são essenciais para confirmar a presença do vírus H5N1 e adotar as medidas adequadas de controle, a fim de evitar a disseminação da doença para outras aves e minimizar os impactos na produção”, ressaltou Chiquinho do Indeia.

O estado de emergência zoosanitária, decretado pelo governo brasileiro por um período de 180 dias, visa permitir a adoção de medidas rápidas e eficazes para o controle e erradicação da influenza aviária H5N1 no país. É fundamental que os produtores de Juara e região estejam cientes da gravidade da situação e colaborem ativamente com as autoridades competentes para proteger seus rebanhos e evitar a disseminação do vírus.

O Indeia e demais órgãos de saúde animal estão em prontidão para prestar todo o suporte necessário aos produtores, fornecendo orientações, realizando coletas e exames, além de implementar estratégias de prevenção e controle da doença.

 

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br