baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 17 de Outubro de 2021

Pavimentação da rodovia do Jaú e MT 220 mantém Juara no crescendo pecuário e agrícola, diz Etson Rosolin

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O município de Juara sempre teve o título de capital do gado, desde que saiu da era da colonização em que a econômica era café e madeira.

Apesar de estar escasso, a madeira ainda faz parte da economia, mas o forte mesmo é o setor agrícola e pecuário que mantem a estabilidade econômica do município agregado ao comercio em geral de diversos gêneros.

O pecuarista Etson Rosolin que ocupa o cargo de presidente da Associação Intermunicipal do Vale do Arinos, rodovia MT 160 estrada do Jaú disse estar muito otimista com o progresso que cresce a cada dia na região.

Apesar de ter iniciado um pouco tardio, a estimativa é de que a Empresa Guaxe, que está executando a obra de pavimentação asfáltica na com os serviços de terraplanagem avançado deverá concluir um total de 10 KM ainda esse ano.

Esse será um dos fatores, que segundo o pecuarista Etson Rosolin ajudará a alavancar ainda mais o progresso de Juara e toda região no crescimento da pecuária e agricultura.

Atualmente, o município de Juara ocupa a 9º posição na criação de bovinos e tem um total estimado de 968 mil cabeças.

Juara perde apenas para Vila Bela da Santíssima Trindade que está em 4º com 1,26 milhões de cabeças, Cáceres em 5º com 1,12 milhão de cabeças.

O rebanho bovino brasileiro somou 218,15 milhões de cabeças no ano passado com um crescimento de 1,5% em relação a 2019, maior quantidade desde 2016, quando tinha 218,19 milhões de bovinos, segundo a nova Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2021.

Mais de um terço do rebanho bovino brasileiro estava no Centro-Oeste no ano passado (34,6% do total, ou 75,4 milhões de cabeças). Mas o maior incremento foi na região Norte 5,5% (2,7 milhões de cabeças), para 52,4 milhões de cabeças.

Rosolin explica que integração lavoura e pecuária tem fortalecido o mercado financeiro e econômico em Juara, e assim nos demais municípios do Vale do Arinos.

Ele não trabalha com gado confinado, mas ressalta que tudo tem lucro, e gado no pasto é dinheiro certo, porque a pecuária bovina brasileira possui um amplo marcado de crescimento e a demanda é grande.

Embora tenha tido uma pequena queda nos últimos meses, o preço mantém estável e as vendas são garantidas, tanto para bovinos machos, femeas e gado confinado.

Fonte: Acessenoticias/radiotucunare/Mato Grosso online

Com muito ❤ por go7.site