Juara – Mato Grosso

16 de abril de 2024 09:56

[dataehoranews]

Pescadores profissionais de Juara e região aguardam audiência de conciliação no STF sobre Cota Zero

imagem ilustrativa - reprodução gratuita

Com a nova Lei que libera a pesca de mais de 100 espécies de peixes e proíbe outras 12 delas nos rios de Mato Grosso, aprovada pelos deputados da Assembleia Legislativa em segunda votação, sendo 11 votos favoráveis e 07 contra, os pescadores profissionais ainda amarga a triste realidade de lidar com a situação, conforme disse Bento Bezerra, coordenador da Colônia Z16 em Juara.

Ele disse que apesar da procura ter sido grande pelo peixe Santo, as espécies que estão liberadas não cai no gosto dos clientes.

“Embora seja difícil, a gente, por enquanto tem que se virar com o que tem, porque não podemos infringir a lei, e eu sei que em alguns municípios e Mato Grosso, pescadores estão revoltados com a situação, e até querendo trancar rodovia, mas sou contra, porque entendo que as pessoas não devem pagar pelo erro dos outros. Isso que o governo fez é um erro, sem estudos no impacto ambiental”, concluiu Bento Bezerra.

Os pescadores aguardam a audiência de conciliação convocada pelo Supremo Tribunal Federal para discutir a inconstitucionalidade do Cota Zero nesta terça-feira, na sede do STF, em Brasília.

O coordenador Bento Bezerra e representantes de organizações da sociedade civil envolvidas no processo, acreditam que a tentativa do governo estadual mudando o projeto não vai ter êxito na audiência de conciliação no STF e acreditam que a lei será declarada inconstitucional.

Fonte: Redação/acessenoticias/radiotucunare

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br