Juara – Mato Grosso
Terca-Feira, 16 de Agosto de 2022

Sindicato Rural de Juara emite Nota de Repudio a atitudes dos políticos Neri Geller e Carlos Fávaro

Seguindo a ação de mais de 20 Sindicatos Rurais do Estado de Mato Grosso, o Sindicato  Rural de Juara, cujo Presidente é o pecuarista Jorge Mariano, emitiu Nota de repúdio pela atitude dos políticos Carlos Fávaro e Neri Geller pela decisão de apoiar a pauta da esquerda representada pelo Partido dos Trabalhadores, sem ouvir a base eleitoral ruralista que se empenharam e os elegerem.

Juara é o terceiro município do Vale do Arinos a emitir e Nota de repudio, acompanhando porto dos Gaúchos e Tabaporã.

Segundo a nota, essa atitude dos dois políticos está completamente desconectada do setor agropecuário e da família brasileira, mostrando ainda uma ação retrógrada e oportunista.

A reação dos Produtores Rurais está bastante intensa contra os dois políticos em todos o Estado de MT, cujo discurso eleitoral dos dois então adotado, era de protetores do Agro, contra a ideologia da esquerda, mas por questões eleitoreiras, agora decidiram se aliar aos considerados (pela classe ruralista em sua maioria) adversários dos produtores rurais, representado pelo partido dos trabalhadores (PT).  Questões sobre invasões de terras através do MST, invasões em sedes de Sindicatos, além de diversos pronunciamentos inflamados, que colocaram os produtores perante a sociedade, como predadores do meio ambiente entre outras pautas, colocaram em rota de colisão, com a classe ruralista, que repudia de forma veemente, qualquer ligação com o partido PT, cujo discurso ideológico foi classificado pelos adversários, como maléfico a sociedade e contrárias aos anseios da classe. (apontamentos constam nas notas de repudio publicadas).

Os políticos Neri Geller e Carlos Favaro, decidiram, sem ouvir seus apoiadores, “pular” para o outro lado e a reação dos ruralistas foi imediata.

As divergências ideológicas selaram qualquer possibilidade de aproximação entre produtores e partidos de esquerda, enfim, a decisão dos dois políticos desencadeou uma forte reação percebida através de várias notas de repúdio publicadas através dos Sindicatos patronais.

Outro Lado

Em resposta, a direção estadual do Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso (PT-MT) registrou boletim de ocorrência contra 15 sindicatos rurais no Ministério Público de Mato Grosso (MPMT), que divulgou uma denúncia contra o senador Carlos Carlos Fávaro (PSD) e o federal Neri Geller (PP) são representados por serem aliados das alianças PT, PCdoB e PV.

O documento assinado pelo presidente do estado da sigla, deputado Valdir Barranco (PT), afirmava que as manifestações de moradores da zona rural incluíam a divulgação de fake news para atacar o Partido dos Trabalhadores e seus candidatos à bancada.

Sindicatos que se manifestaram com notas de repudio até o momento:

Sinop, Campo Novo do Parecis, Primavera do Leste, Diamantino, Matupá, Poconé, Sorriso, Nova Mutum, Ipiranga do Norte, Nova Ubiratan, Vera, Tangará da Serra, Brasnorte, Lucas do Rio Verde, Cooperativa Agropecuária Primavera COAP e Cooperativa Agropecuária Terra Vica Cooavil, Tabaporã, Juara, Porto dos Gaúchos,

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.