Juara – Mato Grosso
Quinta-Feira, 11 de Agosto de 2022

Vários fatores influenciaram na queda de preço da arroba do boi que agora volta a se estabilizar em Juara

Depois de um longo período em alta, onde alcançou um patamar de R$ 302,00 (trezentos e dois reais), o preço da arroba do boi gordo e da vaca gorda teve queda significativa no primeiro trimestre de 2022.

Nem mesmo durante a pandemia, o preço da arroba ficou tão baixo quanto esteve praticamente durante todo o terceiro e quinto mês deste ano.

O pecuarista Fernando Amado Conte, popular Nando Conte que ocupado o cargo de 2º vice-presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso concedeu entrevista a Rádio Tucunaré e acessenoticias e fez uma analises dessa situação.

De acordo com ele são vários os fatores que influenciaram nessa queda significativa, entre eles, problemas econômicos, a fatia dos 20% de exportações, principalmente do País da China e o fechamento de algumas plantas frigorificas e outas que foram embargadas, além do problema da grande seca nas regiões oeste e sul do estado, onde parte das pastagens apresentaram degradação.

Com isso, muitos pecuaristas se viram obrigados a venderem maior quantidade de animais, e isso fez com que os preços das arrobas tivessem declínio, conforme as análises.

O Brasil atualmente mantem 80% do mercado interno, e diante disse, há uma boa expectativa e tendência de um equilíbrio que vem sendo buscado e vem mostrando uma recomposição de um mercado futuro mais forte para os próximos meses.

Diante disso pode se dizer que está havendo uma recuperação de mercado em relação aos valores dos preços tanto da arroba do boi como da vaca que poderá ser concretizada a curto prazo.

Para que haja nova estabilidade e um incremento em relação a valorização da arroba se faz necessário, a retomada de renda e o aumento de consumo no mercado interno, maior segurança nas exportações do produto e incremento de renda dos brasileiros, uma vez que várias plantas frigorificas que estavam embargadas na China já foram liberadas, conforme ressaltou Nando Conte.

Esses fatores, de acordo com uma breve analises interferiram diretamente nas atividades pecuárias elevando os custos de produção, aumentando os preços do grão, oferta de cocho, custo dos confinadores, sais minerais, arame liso entre outros.

Fonte: acessenoticias/radio Tucunare

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.