baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 25 de Julho de 2021

Dois são presos com arma de fogo e drogas em Castanheira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Juina news

Duas pessoas foram presas em flagrante por crime de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas no município de Castanheira, noroeste de Mato Grosso, na tarde desta quinta-feira, dia 01, numa operação da polícia judiciária civil e polícia militar.

A operação teve início depois do homicídio do garimpeiro Ulisses Pereira Dos Santos, de 44 anos, que foi morto com um tiro no tórax na região de uma linha de pesquisa de garimpo nas proximidades do distrito de Novo Horizonte.

O Cabo PM Franco da cidade de Castanheira, disse que foram acionados para dar apoio aos policiais civis que estavam em diligência em uma fazenda a 70 quilômetros do município de Castanheira, onde supostamente havia acontecido o sequestro de uma pessoa que foi baleada em uma suposta área de garimpo, onde um boletim de ocorrências foi registrado na cidade de Aripuanã e repassado para  a polícia civil de Juína, que ao chegar no local os policiais fizeram uma busca pela localidade onde existe alguns barracos com pessoas, quando foram informados por um funcionário da fazenda que o homem estaria supostamente sequestrado, estava o tempo todo em um barraco na localidade, sendo descartado a hipótese de sequestro.

Durante as diligências foi realizada uma abordagem em uma camionete Triton, os policiais encontraram um revólver calibre 32 e porções consideráveis de substâncias análogas a maconha, e uma quantidade em dinheiro, onde os ocupantes do veículo foram presos e encaminhados junto com a arma e droga apreendida para a delegacia municipal de Juína.

Em Juína o flagrante foi presidido pelo delegado titular da delegacia municipal doutor Marco Bortolotto Remuzzi que enalteceu mais uma vez a dedicação dos policiais civis pela ação exitosa e também o apoio incondicional da polícia militar de Castanheira.

O delegado confirmou que ao meia dia de ontem a polícia civil foi comunicada de um suposto sequestro e que as equipes policiais dos setores de inteligência e do plantão se mobilizaram identificaram o itinerário dos suspeitos onde estaria a vítima e diligenciaram, e mais tarde foi encontrado o veículo com a suposta vítima e abordado outra camionete.

Durante buscas foram localizados um revólver calibre 32 com quatro munições, várias porções de substância análoga a maconha, uma balança de precisão e R$ 2.400,00.

Os dois suspeitos que estavam na camionete foram presos e autuados pela polícia civil sendo que Ivanilson Rodrigues deverá responder por crime de porte ilegal de arma de fogo e Marcelo Volpe por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Para o suspeito Ivanilson, foi arbitrada fiança no valor de R$ 11.000.00 que não foi recolhida.

Segundo o delegado Marco Remuzzi, a suposta vítima do sequestro relatou que não houve nenhum crime e que surgiu apenas um desentendimento sendo interrogado pela polícia.

Em relação a região que explodiu nessa semana como um “novo” garimpo, a polícia civil adiantou que já foi oficializado a Sema e Ibama para procederem as inspeções ambientais a fim de verificar se é uma região de garimpo, mas que lá foi visualizado garimpeiros que estão fazendo pesquisas, e agora aguardará os órgãos para confirmar se o local localizada numa fazenda particular é ou não região de garimpo.

Sobre o homicídio de Ulisses Pereira Dos Santos, de 44 anos, a polícia civil continua investigando.

Fonte: Juina News

Com muito ❤ por go7.site