baner topo1
Juara – Mato Grosso
Terca-Feira, 28 de Setembro de 2021

Ministro reafirma compromisso com desenvolvimento sustentável

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante entrevista coletiva.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, reafirmou hoje (5) o apoio às medidas do governo federal para alcançar as metas de desenvolvimento sustentável assumidas internacionalmente. Ele recebeu a visita do presidente da 26ª Conferência das Partes (COP-26) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCC), Alok Sharma, e do embaixador do Reino Unido no Brasil, Peter Wilson.

Durante a conversa, o ministro destacou a elevada participação da energia sustentável na matriz energética brasileira e disse que o Ministério da Economia continua a apoiar as medidas do governo para cumprir os compromissos acertados com as Nações Unidas e outros fóruns internacionais.

Guedes também afirmou que a equipe econômica tem promovido medidas para melhorar o ambiente de negócios no país. O presidente da COP-26 relatou ao ministro brasileiro as atividades no Reino Unido para promover o desenvolvimento sustentável. Entre as ações citadas, está o significativo aumento da geração de energia eólica, em lugar da geração a partir de fontes térmicas.

Órgão supremo da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima, a Conferência das Partes (Conference of the Parties, COP) reúne todos os países signatários da Convenção-Quadro. Nos encontros, os participantes avaliam os progressos e as dificuldades em relação às mudanças climáticas, além dos impactos causados por essas mudanças nos âmbitos econômico, ambiental e social.

Também participaram do encontro o secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys; o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais da pasta, Roberto Fendt; o secretário especial adjunto de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, João Rossi; e o secretário de Assuntos Econômicos Internacionais, Erivaldo Gomes.

Fonte: Agencia Brasil

Com muito ❤ por go7.site