baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 18 de Setembro de 2021

Pesquisa aponta que 38% dos empresários em Sinop acreditam que será positivo impacto econômico com a Ferrogrão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A pesquisa feia pelo Centro de Informações Socioeconomicas da Unemat, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) revelou que 38% dos empresários conhecem o projeto da ferrovia Ferrogrão ligando Sinop ao porto de Miritituba (PA) com 933 quilômetros de trilhos. Por outro lado, 14% não tem conhecimento do projeto que está tramitando no governo federal (para concessão) e 48% não souberam responder.

Consta ainda no detalhamento da pesquisa que os empresários também foram questionados sobre o impacto da ferrovia para a economia da região e 36% afirmaram que será positivo, 2% que não trará benefícios e 62% não souberam opinar.  Em relação ao apoio a idealização da obra, cerca de 42% são a favor e 58% não souberam responder com amostragem 118 entrevistados.

Também foram ouvidos 200 consumidores com nível de significância estatística de 90% e um erro amostral de 6%. Cerca de, 36% disseram que tem informações e conhecimento sobre a Ferrogrão, 7% disseram que não tem e 57% não souberam responder.

Quanto ao impacto para a economia da região, 26% acreditam que será positiva, 7% que será negativo, 6% que não terá nenhum impacto e 61% não opinaram. 30% se mostraram a favor, 9% são contra e 61% não souberam responder.

De acordo com o economista Feliciano Azuaga, o assunto tem maior repercussão no meio político e muitas vezes, não tem tanta penetração em outros segmentos. A população também não busca interação com o tema, o que acaba gerando essa falta de interesse nas informações”, explicou.

No dia 21 do mês passado, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esteve em Sinop para apoiar implantação da Ferrogrão. Ele se mostrou otimista e disse que acredita em uma reconsideração do Supremo Tribunal Federal na ação que travou o andamento do projeto.

Fonte: Só Notícias

Com muito ❤ por go7.site