Em Juara grevistas da educação recusaram diálogo com Governador Pedro Taques. Veja vídeo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Em Juara manifestantes impediram a passagem do Governador Pedro Taques e sua comitiva nessa sexta-feira dia 29 ao dar incio a uma visita oficial para lanamento de obras na cidade. Sob forte barulho de apitos, vaias, faixas com palavras de ordem, Pedro Taques desceu do carro com o secretrio da SEDUC Marco Marrafon e foi de encontro aos manifestantes. Ao se pronunciar pelo microfone com os manifestantes, convidou-os para uma reunio em local, a ser marcado por eles, e disse que estaria a disposio at as 7 horas da manh do dia seguinte, quando ento partiria em retorno a capital. Os manifestantes no quiseram reunir e assim, ele saiu do local sob vaias. Veja vdeo do encontro: Apesar do estado de Mato Grosso pagar para os professores acima do piso salarial e ser o terceiro colocado no ranking nacional que melhor paga, existe no estado, uma grande dificuldade para o dilogo entre governo e sindicato, em todas as administraes. Segundo argumentam membros do governo, em tempos passados, foi aprovado um aumento para o RGA que a administrao atual no tem como pagar e por outro lado, os educadores no concordam com aumento de 7,32% aprovados pela AL-MT e entendem que deve ser de 11% .Essa “queda de brao” entre sindicato e governo est colocando em risco o trmino do ano letivo em 2016. A greve no estado foi decretada legal pelo TJ-MT, mas em recente deciso, o Ministro do STF determinou o retino imediato as salas de aulas, ou seja, “o ministro Ricardo Lewandowski, determinou ao Tribunal de Justia de Mato Grosso (TJMT), que imponha parmetros ao movimento grevista deflagrado pelos trabalhadores do ensino pblico estadual, de forma a garantir a continuidade do servio pblico no estado. Na reclamao ajuizada, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) alegou que a deciso do TJMT ofende uma deciso anterior j tomada pela Corte do STF, proferido no Mandado de Injuno 712, onde ficou entendido que a deflagrao de movimentos grevistas no podem resultar na paralisao total dos servios prestados populao O presidente disse , que a deciso do STF "no determinante". "Na verdade, nunca pautamos nossas aes por questes judiciais. Quem vai decidir o futuro do movimento a assembleia dos trabalhadores, que ir acontecer na prxima segunda-feira (1º)", afirmou”. – Fonte G1. Veja piso salarial dos estados que melhor pagam o professor no Brasil: Distrito Federal o estado que melhora paga professor: R$ 2.260,00 (40 horas) Estado de So Paulo: R$ 1.894,01 (40 horas) Estado de MT: R$ 1.873, 02 (30 horas)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️