baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021

Em Juína MP determina embargo de empresa por não usar máscaras em seu interior

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A diminuição dos casos de COVID-19 no município, tem causado uma falsa segurança em parte da população, que tem afrouxado os cuidados com a pandemia, colocando em risco a saúde dos juinenses.

Com o empenho e dedicação da CDL Juína ASCOM, demais entidades e autoridades no enfrentamento da COVID-19, os impactos da pandemia, dentro do possível, foram minimizados em nossa cidade com o comércio sofrendo menores impactos, ficando menos tempo fechado do que na maioria dos municípios, mas para isso, sempre foi condicionado pelo Ministério Público o engajamento das empresas no cumprimento das determinações.

Importante destacar que o comércio, empresários, colaboradores e população foram elogiados e decisivos até aqui, no combate e controle da pandemia em Juína, mas nos últimos dias a falta de zelo com o cumprimento das determinações e leis tem chamado atenção o que levou o Ministério Público Estadual, através da promotoria de justiça cívil embargar uma empresa no município.

No despacho encaminhado pelo Ministério Público a CDL Juína ASCOM informando do embargo por conta do não uso de mascaras por consumidores, trabalhadores e proprietário, o promotor destaca que “em rápida passada nos comércios vizinhos, constatei situação idêntica, sendo que aparentemente os comerciantes resolveram por si só descumprir as medidas de proteção que permitiram Juína manter-se com seu comércio aberto, enquanto várias outras cidades, inclusive menores que Juína, enfrentaram Lockdowns, fechamento total de comércio e toque de recolher” lembrou.

Diante dos últimos acontecimentos, o MP determinou a realização de um mutirão de fiscalização, que irá acontecer nos próximos dias, tendo uma equipe integrada de fiscalização municipal, com Procon, Vigilância Sanitária, Departamento de Tributação e Departamento de Controle Urbano fiscalizando todas as empresas do comércio de Juína.

A CDL Juína ASCOM, que tanto lutou pelo não fechamento do comércio em nossa cidade, realizando inúmeras reuniões, documentos e compromissos com as autoridades para que não houvesse lockdown em nosso município, chama a atenção da sociedade, para a necessidade de cada vez mais todos estarmos engajados no combate à Covid-19, inclusive com os comerciantes dando exemplo, atuando na orientação de seus colaboradores, proibindo a entrada de consumidores sem mascaras (Lei 11.110), a fim de proteger seu local de trabalho, tanto da doença quanto dos riscos econômicos.

Cada um fazendo a sua parte, vamos vencer esta pandemia.

Fonte: juinanews

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️