baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quarta-Feira, 03 de Marco de 2021

Em uma ação rápida, policiais prenderam o acusado de assassinar jovem em Porto dos Gaúchos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Roseno Barros

Em menos de um dia, os Policiais Militares do 21º Batalhão de Juara, comandado pelo 3º Sargento PM Altamiro conseguiu efetuar a prisão do suspeito de ter espancado e assassinado a tiros o jovem, Mateus Reato de 19 anos de idade e deixado dentro de uma cova no cemitério municipal da cidade que foi encontrado por um coveiro.

O acusado foi apreendido ao delegado de Polícia Judiciária Civil, Dr. João Antônio Batista que ouviu o acusado.

Conforme já noticiamos, o jovem Mateus Reato de 19 anos era um pessoa de boa índole e trabalhava em um posto de combustível em Porto dos Gaúchos e tinha vários planos futuro, inclusive viajaria em breve para outro estado onde iria concluir seus estudos.

Preso em flagrante delito, o delegado solicitou ao juízo a prisão preventiva do suspeito, que durante todo seu depoimento na delegacia se manteve o direito de permanecer calado, e apenas disse que praticou o crime e que faz parte de uma facção denominada comando vermelho.

Ele já tem passagens pela Polícia por outros tipos de firmes, inclusive por envolvimento com tráfico de drogas. O delegado não descarta a participação de outras pessoas, bem como e de que maneira, o jovem teria sido atraído até o cemitério onde foi assassinado.

O jovem Mateus Reato é irmão de um policial militar e o crime pode estar supostamente ligado a vingança ou afronto aos policiais, já que o irmão da vítima é muito atuante na cidade.

Um inquérito policial foi aberto para investigar e esclarecer se ele foi morto a pauladas e depois ainda recebeu disparos de arma de fogo contra sua cabeça ou a morte foi provocada pelos tiros.

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️