baner topo1
Juara – Mato Grosso
Terca-Feira, 19 de Outubro de 2021

A brasileira Luisa Stefani avança em Miami e iguala ranking de Maria Esther Bueno

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Marcelo Stefani

A brasileira Luisa Stefani fez história nesta terça-feira (30), no WTA 1000 de Miami (Estados Unidos). A parceria da paulistana, número 31 do ranking de duplas da Associação de Tênis Feminino (WTA), com a norte-americana Hayley Carter (32ª) se classificou à semifinal da competição ao derrotar Asia Muhammad (38ª) e Jessica Pegula (33ª da WTA em simples, 66ª em duplas), também dos Estados Unidos, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, em uma hora e um minuto de jogo.

O resultado garante que Luisa subirá, pelo menos, para o 29º lugar no ranking mundial após o torneio norte-americano, igualando a melhor marca já atingida na WTA por Maria Esther Bueno, maior nome da modalidade no país, em dezembro de 1976. Até novembro de 1975, a entidade não tinha uma lista com atualizações semanais. O Hall da Fama Internacional do Tênis indica que Maria Esther foi a melhor jogadora do mundo nas temporadas de 1959, 1960, 1964 e 1966, ocasiões em que conquistou títulos de Grand Slam em simples e duplas.

Lusia Stefani e Hayley Carter - Masters 1000 de Miami - tênis
Lusia Stefani e Hayley Carter se classificaram nesta terça (30) às semifinais de duplas do Masters 1000 de Miami – Marcelo Stefani/Direitos Reservados

“Foi um ótimo jogo hoje [terça]. É nossa primeira vez em Miami e tem sido uma baita estreia. A Hayley jogou muito bem, eu também joguei bem. Estamos bem confiantes, melhorando a cada jogo. Estou muito animada”, disse Luisa, em depoimento por vídeo à imprensa.

É também a segunda vez que a brasileira e Carter chegam à semifinal de um torneio nível WTA 1000. A primeira ocasião foi no ano passado, quando atingiram a mesma fase em Roma (Itália). Elas terão pela frente, entre quarta-feira (31) e quinta-feira (1º de abril), a canadense Gabriela Dabrowski (10ª) e a mexicana Giuliana Olmos (55ª). Se for à decisão, a paulistana garante, pelo menos, o 26º lugar no ranking da WTA na próxima atualização.

Fonte: Agencia Brasil

Com muito ❤ por go7.site