baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sexta-Feira, 17 de Setembro de 2021

Paquetá marca novamente, Brasil vence o Peru e avança à final da Copa América

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Nesta segunda-feira, o Brasil derrotou o Chile por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos, e garantiu vaga na final da Copa América. O time comandado por Tite foi dominante no primeiro tempo e marcou o gol da vitória com Paquetá, que decidiu pelo segundo jogo consecutivo.

A Seleção Brasileira foi amplamente superior na primeira etapa. Gallese teve que fazer três importantes defesas, mas não evitou o gol de Paquetá. O meio-campista mandou para as redes após uma linda jogada de Neymar, que deu uma caneta em um defensor peruano.

O Peru foi mais ofensivo no segundo tempo, finalizando mais vezes ao gol. No entanto, a Seleção conseguiu foi efetiva na proteção à área e controlou o jogo, evitando que os peruanos pressionassem e buscassem o empate.

O adversário do Brasil na final da Copa América sairá do confronto entre Argentina e Colômbia, que acontece nesta terça-feira, às 22h, no Mané Garrincha. A grande decisão acontece no sábado, às 21h, no Maracanã.

O jogo – O Brasil teve a primeira grande chance do jogo. Paquetá enfiou a bola para Richarlison, que driblou o goleiro e tocou para Neymar. O camisa 10 chegou batendo, mas sem precisão. Na sequência, Casemiro e Everton Cebolinha tiveram os seus chutes defendidos por Gallese.

O volante viria a arriscar novamente, dessa vez exigindo uma intervenção mais complicada do goleiro. Em seguida, Paquetá serviu Neymar dentro da área, e o craque chutou em cima de Gallese. Na sobra, Richarlison finalizou, e o arqueiro fez nova defesa, impedindo o gol.

Aos 34 minutos, a Seleção Brasileira conseguiu abrir o placar no Nilton Santos. Neymar foi acionado pela esquerda, levou a marcação, deu uma caneta em Callens e serviu Paquetá, que finalizou de primeira e marcou.

A primeira chance da etapa final foi do Peru. Lapadula foi lançado pela direita, cortou para dentro e finalizou forte, parando em defesa de Ederson. O goleiro voltou a trabalhar, caindo para defender chute de García de fora da área.

Na primeira chegada do Brasil, Paquetá lançou Neymar em profundidade, e o camisa 10 finalizou de esquerda por cima do travessão. Depois disso, a Seleção não teve mais nenhuma oportunidade perigosa até o final da partida, porém foi sólida na defesa e controlou o confronto até o fim.

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Lucas Figueiredo/assessoria)

Com muito ❤ por go7.site