Fabricantes de Placas Mercosul participarão de reunião em Cuiabá para tentar reverter portaria

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Com a nova Portaria nº 061/2020 referente a Placa Mercosul publicado no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso no último dia 06 de fevereiro que trata do credenciamento das estampadoras, as empresas confeccionadoras de placas de veículos poderão sofrer prejuízos.

Segundo um dos fabricantes de placa em Juara, Helinton Santinoni essa é uma normativa que vem para implementar o padrão da Placa Mercosul que já passou por 06 alterações.

No dia 11 de fevereiro através da portaria nº 085 implementada na portaria nº 205 da placa cinza não permitirá mais que mais que esse trabalho possa ser feito a partir do dia 14 de fevereiro de 2020, o que prejudica toda cadeira do serviço, bem como os Detrans e Ciretrans.

Até que seja adequado todo esse processo as estampadoras de placa ficarão paradas e vão ter prejuízos foi o que salientou, Helinton Santinoni ao se referir aos gastos com servidores e outras despesas.

Para ele, o maior problema das novas exigências é a questão dos 200 metros quadrados de infraestrutura que vai dificultar as empresas fabricantes de placas de todo Estado.

Em busca de solucionar esses problemas todos os fabricantes de Mato Grosso, estarão presentes em uma reunião em Cuiabá nesta sexta-feira, dia 15 de fevereiro para tentar reverter a situação questionando duvidas e reivindicados alguns direitos.

Fonte: Acessenoticias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️