baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 25 de Julho de 2021

Flamengo bate LDU em jogo sofrido pela Libertadores

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O Flamengo manteve os cem por cento de aproveitamento na Copa Libertadores. Jogando na altitude de Quito o time derrotou a LDU por 3 a 2 e disparou na liderança do Grupo G com nove pontos. Os equatorianos aparecem em segundo lugar com quatro, um a mais que o Vélez Sarsfield. O time argentino bateu o La Calera, lanterna com um ponto, no Chile. Gabigol fez dois gols e Bruno Henrique também balançou as redes.

Logo aos dois minutos de jogo o Flamengo mostrou que estava disposto a ignorar a altitude. Éverton Ribeiro deu belo passe para Gabigol, que invadiu a área e deslocou o goleiro Gabbarini. Era o primeiro gol dos brasileiros.

A LDU ainda tentou reagir aos 12 minutos, quando, após sobra na área, Zunino mandou a bola para o fundo da rede. Mas o árbitro uruguaio Esteban Ostojich anulou a jogada, corretamente marcando impedimento.

O Flamengo dominava as ações e dosava o fôlego. Aos 22 minutos Éverton Ribeiro avançou em direção ao gol, tirou proveito do peso da bola na altitude e chutou de fora da área. O goleiro do time equatoriano defendeu de mão trocada, com grande dificuldade.

Gabbarini, entretanto, não conseguiu fazer nada aos 29 minutos para evitar o segundo gol flamenguista. Após bela troca de passes do ataque, Bruno Henrique chutou de fora da área e marcou um golaço.

Na volta para o segundo tempo a LDU, com três alterações, fez uma blitz na defesa do Flamengo. Assim foi premiada com o gol aos cinco minutos. Após cruzamento da esquerda, Borja se antecipou à defesa e cabeceou no primeiro pau para bater Hugo Souza. O arqueiro, também no intervalo, entrou na vaga de Diego Alves, com incômodo na coxa esquerda. Foi a lei do ex. Isso porque Borja jogou há 11 anos pelo Flamengo, sem sequer ter balançado as redes.

Os equatorianos se animaram e começaram a perder chances. Aos oito minutos Amarilla chegou a ficar cara a cara com Hugo Souza, mas foi travado na hora do chute por Bruno Viana. Dois minutos depois Borja chutou de fora da área e a bola passou à direita da trave, com desvio. Já aos 13 Arce chutou, da pequena área, da rede pelo lado de fora.

O empate era questão de tempo e veio aos 15 minutos. Após cobrança de escanteio, Amarilla escorou entre os dois zagueiros para empatar a partida. A LDU ainda insistiu, mas aos poucos o Flamengo foi equilibrando o jogo.

O Rubro-Negro perdeu boa chance aos 25 minutos, em cobrança de falta de Arrascaeta que o goleiro defendeu. Na reta final do jogo o Flamengo passou a tentar controlar mais a bola e evitar a correria, que beneficiava os equatorianos.

Aos 37 minutos Corozo fez um pênalti infantil em Arrascaeta dentro da área e o pênalti foi marcado. Gabigol cobrou sem chances para o goleiro. Assim ele se igualou a Zico como maior artilheiro do Flamengo em Libertadores: 16 tentos. Era o gol do triunfo.

As duas equipes voltam a campo pela Libertadores na próxima semana. O Flamengo visita o La Calera, no Chile, às 21h30(de Brasília). Já a LDU estará em ação na Argentina, na quinta-feira, em confronto direto com o Vélez Sarsfield. Antes disso, no sábado, às 21h(de Brasília), o Flamengo encara o Volta Redonda no Maracanã pela rodada de volta das semifinais do Campeonato Carioca. Na ida os flamenguistas ganharam por 3 a 0.

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: assessoria)

Com muito ❤ por go7.site