baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 01 de Novembro de 2020

Goleiro leiloa camisa de Victor, do Galo, em prol de doações

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Wallef Mendes/Arquivo pessoal

Em 26 de fevereiro deste ano, o goleiro Wallef brilhou na classificação histórica do Afogados à terceira fase da Copa do Brasil. Além das defesas no tempo normal – principalmente, na disputa por pênaltis que decretou a surpreendente vitória do time do sertão pernambucano sobre o Atlético-MG – o camisa 1 ficou marcado por usar um boné na partida realizda à noite. Na ocasião, para tornar o jogo ainda mais inesquecível, ele ganhou a camisa de Victor, arqueiro e ídolo da torcida do Galo, então adversário.

Dois meses depois, as vidas de Wallef e Victor voltaram se cruzar, desta vez longe dos gramados. Devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), o goleiro do Afogados decidiu leiloar o camisa presenteada pelo atleticano, com o objetivo de arrecadar fundos para comprar cestas básicas e distribui-las a famílias carentes da cidade de São José do Calçado (ES),onde nasceu. O município tem pouco mais de 10 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A campanha, iniciada nas redes sociais, repercutiu e chegou ao jogador do time mineiro, que decidiu colaborar.

Wallef Mendes/Arquivo pessoal
Wallef Mendes/Arquivo pessoal – Wallef Mendes/Arquivo pessoal

“Por (São José do Calçado) ser uma cidade pequena, precisaria de uma ajuda. Pensei, como meio de ajudar, em leiloar a camisa do Victor. Depois de alguns dias, ele entrou em contato comigo. Fiquei muito feliz. Pudemos bater um papo maneiro e ele se prontificou a enviar uma nova camisa e ajudar com algumas cestas”, conta Wallef, à Agência Brasil. “O leilão foi encerrado na segunda (27) com um ganhador daqui da cidade, que deu lance para 25 cestas (uma cesta corresponde a R$ 40). O Victor dará mais 25, então, conseguimos 50 cestas ao todo. Estou muito feliz de poder ajudar, se não toda a população, pelo menos algumas famílias”, conta satisfeito.

Segundo Wallef, as doações serão feitas amanhã quinta-feira (30) – mesmo dia em que termina o vínculo dele com o Afogados. Com a Copa do Brasil e o Campeonato Pernambucano – no qual o clube ocupa a sexta posição – paralisados devido ao coronavírus,  e a Série D sem previsão de início, o goleiro aguarda os desdobramentos. “O momento agora é para nos cuidarmos. Esse vírus não é brincadeira. Estou bem, feliz com minha família. Ainda não teve conversa sobre renovação, acho até que pelo clube ainda esperar essa questão da pandemia. Então, é ver o que Deus tem para nós”, conclui.

Fonte: Agencia Brasil

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️