Governador reafirma proposta "no limite" e pede fim da greve

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou nesta segunda-feira que est empenhado para que as categorias que ainda esto em greve retomem ao servio pblico. Com a previso de pagamento de 7,54% do total de 11,28% da reposio inflacionria, nove categorias encerraram a paralisao. Porm, ainda segue em greve, por exemplo, os profissionais da educao e da rea instrumental do Estado. “Eu no vou me empenhar, eu sempre tenho me empenhado. No algo que vai nascer agora. Desde sempre estivemos fazendo a interlocuo”, disse . Taques disse lamentar os efeitos da greve do servio pblico, principalmente em relao aos danos gerados na educao e fez um apelo aos professores grevistas. “No possvel que ns possamos permitir que estudantes, por exemplo, percam o Enem [Exame Nacional de Ensino Mdio] em razo da greve dos professores. Eu peo a eles que voltem, porque no momento de greve, como sempre disse. O meu discurso e a minha prtica a mesma desde o incio deste movimento”, afirmou. O governador ainda ressaltou que tem mantido dilogos permanentes com os servidores pblicos para pr fim a greve e acredita que chegou o momento de a categoria ter conscincia de que a proposta financeira foi apresentada dentro da realidade financeira do Estado. “A greve um direito do cidado, mas, neste momento, como sempre disse, no o momento de greve. Ns fizemos vrias reunies, discutimos com os servidores, e sempre de forma transparente afirmamos que o que possvel pagar isso. Infelizmente, algumas categorias no concordaram. E o processo democrtico tem que ir para frente. Algumas categorias ainda esto em greve, espero que voltem e possamos prosseguir para o desenvolvimento do Estado”, afirmou. Pela mensagem aprovada no Legislativo e j sancionada pelo Executivo, o pagamento da RGA ser feito da seguinte maneira: uma porcentagem 2% ser paga em setembro de 2016, sobre o subsdio de maio de 2016; 2,68% em janeiro de 2017, sobre o subsdio de janeiro de 2017 e 2,68% em abril de 2017, sobre o subsdio de janeiro de 2017, atingido dessa forma 7,36%. Como incidem juros sobre juros, no final a reviso ficar em 7,54%. A diferena para atingir os 11,28% ser paga em duas parcelas, em junho e setembro de 2017, condicionada apurao do percentual menor de 49% de Despesa Total de Pessoal em relao Receita Corrente Lquida, respectivamente, no 1° e no 2º quadrimestre de 2017.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️