baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quarta-Feira, 28 de Julho de 2021

Governo arrecada 200 cilindros de oxigênio que serão doados a hospitais em Mato Grosso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Redação Só Notícias (foto: assessoria)

A secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico está coordenando uma ação solidária que reúne entidades representativas, empresas de diversos setores e a Assembleia Legislativa para doação e compra de cilindros de oxigênio para os hospitais do Estado. Em 48 horas, forma arrecadados 200 cilindros de oxigênio, uma doação equivalente a R$ 1 milhão.

Devido à pandemia da Covid-19, a demanda de oxigênio hospitalar aumentou muito e as empresas fornecedoras estão com dificuldade de distribuir o produto especialmente por causa da falta de cilindros. Por isso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso de cilindros industriais para o envase, desde que sejam de oxigênio, argônio ou gases inertes.

“Iniciamos a articulação junto às usinas de Mato Grosso, oficinas mecânicas, todos aqueles que utilizam cilindros e pedimos que devolvessem os frascos vazios para os fornecedores. Esta mobilização começou a ganhar corpo e, como sempre, uma série de setores começou a nos procurar para ajudar comprando também cilindros novos, já com oxigênio, e criando uma grande corrente de solidariedade”, explica César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

Um carregamento de 370 cilindros de oxigênio está chegando da China nos próximos dias e será destinado a Mato Grosso. A ação Oxigênio Solidário já contribuiu com a compra de 220 cilindros e a Assembleia Legislativa vai adquirir 200 cilindros

“É um momento de cooperação de todos. Sabemos que há dificuldade de atender o interior do Estado com os cilindros de oxigênio devido às barreiras logísticas e grandes distâncias. Por isso, trabalhamos para este produto essencial neste momento chegue a todos os hospitais de Mato Grosso”, diz Sílvio Rangel, vice-presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso e presidente do Sindalcool.

Além da doação dos cilindros, governo do Estado e empresários também trabalham para a compra de cargas de oxigênio. “Caso não encontremos mais cilindros disponíveis no mercado, a sugestão é que possamos converter o valor em cargas de oxigênio. Cada pessoa utiliza, em média, quatro cilindros por dia e a rotatividade é muito grande”, explica o secretário César Miranda.

Ontem, conforme Só Notícias já informou, o avião Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira transportou até Sinop, 170 cilindros de oxigênio para pacientes com Covid. Os materiais foram enviados pelo governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, e foram distribuídos para os municípios que compõe a região de Sinop, Peixoto de Azevedo, Colíder, Alta Floresta, Juína e Juara.

Fonte: Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Com muito ❤ por go7.site