Há 10 anos Dante deixava a política precocemente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

H exatos 10 anos terminava de maneira precoce a trajetria de um dos maiores nomes da histria poltica de Mato Grosso, o ex-governador Dante Martins de Oliveira. No entanto, at hoje, ele lembrado como um homem frente de seu tempo, com ideias novas e um dos responsveis por colocar Mato Grosso no rumo do desenvolvimento. Em tempos de reforma administrativa e enxugamento da mquina, as medidas de saneamento das contas pblicas adotadas pelo poltico quando comandou o Estado so destacadas e fazem com que ele seja lembrado como um grande saneador. Para o historiador e analista poltico Alfredo da Mota Menezes, os feitos de Dante enquanto governador, sobretudo na reestruturao da mquina pblica, nunca foram sequer igualados. “Ele assumiu o Estado em um cenrio bastante difcil, com atraso de pagamentos e uma mquina inchada. Ao deixar suas ideias ‘de esquerda’ de lado, ele iniciou um processo de desestatizao, abrindo mo de diversas empresas, como o Banco do Estado de Mato Grosso. Isso arrumou a casa em um tempo rpido e deu a ele condies de realizar muitos investimentos”. A reestruturao do Estado ocorreu aps uma intensa negociao com o ministro da Fazenda do ento presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o economista Pedro Malan, que conforme Menezes, fazia as vezes do Fundo Monetrio Internacional (FMI) junto aos Estados. Para a viva de Dante, a ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), mais do que o desenvolvimento econmico, as aes de Dante visavam avanos sociais, at hoje perseguidos por Mato Grosso. “Ele era muito carismtico e isso fez com que, ao realizar as reformas necessrias, ele contasse com o apoio de todos”. Em paralelo com os dias atuais, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) acredita que Dante, se estivessevivo, seria um importante aliado do governador Pedro Taques (PSDB), que considera Dante o grande fenmeno da poltica de Mato Grosso. “Ele poderia estar ajudando o governador Taques, como senador, atuando para ajudar Mato Grosso a combater a crise e disso no tenho dvidas”. Menezes compartilha desta opinio. “O grupo poltico de Dante perdeu um importante interlocutor, que faria um grande contraponto aos governos que vieram depois, agindo de forma extremamente positiva”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️