Homem chega em casa e encontra jovem degolado; veja fotos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Um jovem de 23 anos, identificado como Marcos Duarte Da Silva, foi brutalmente assassinado nessa quarta-feira (24). A vítima foi degoladae tinha sinais de espancamento. O corpo foi encontrado na obra de uma casa, pelo proprietário do local, no bairro Padre Duílio, em Juína (734 km da Capital).

Uma equipe de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, no entanto, constatou no endereço que se tratava de uma pessoa já sem vida, então retornou à base.

A Polícia Militar (PM) foi comunicada do fato pela testemunha, então uma guarnição se deslocou ao bairro, constatou a veracidade da denúncia e comunicou o homicídio à Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

De acordo com o dono da casa, ele veio do sítio, onde mora na zona rural do município, para dar uma olhada no andamento da obra na cidade e quando chegou na casa em construção tomou um susto ao encontrar o jovem morto ‘naquelas condições’. Ressaltou que imediatamente ligou para o 190 e comunicou o encontro de cadáver à polícia.

A PM verificou ainda que ao redor da casa havia indícios de que um grupo de pessoas passou pelo local e que este pode estar envolvido no homicídio.

Os peritos analisaram as condições em que o cadáver foi encontrado, com um profundo corte no pescoço, lesões na lateral da cabeça e ferimentos por todo o corpo. Os investigadores técnicos ainda periciaram toda a residência e o perímetro em volta colhendo evidências que comprovem as circunstâncias do assassinato e provas que apontem os autores do crime.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia que vai determinar a causa clínica da morte.

A vítima foi reconhecida por populares e a família comunicada da morte.

Os policiais civis acompanharam todo o trabalho da perícia, conversaram com o proprietário do endereço, populares, familiares e deram início às investigações, que têm por prioridade identificar os assassinos e as causas da morte.

Até a publicação desta reportagem não havia informações sobre a motivação do homicídio ou sobre a identidade dos autores do homicídio.

 

Fonte: ReporterMT

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️