Homem é rendido, engana bandidos e indica casa da vizinha para ladrões

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Um homem de 29 anos, nome não revelado, foi rendido por dois bandidos armados durante a noite dessa segunda-feira (17), próximo à quitinete onde mora. Ele tentou confundir os ladrões e indicou a casa da vizinha para que os assaltantes não roubassem a dele, no bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande.

De acordo com a ocorrência, a vítima estava saindo de casa, quando ainda próximo à residência foi abordada por dois bandidos armados, 18 e 23 anos, que anunciaram o assalto e exigiram, por meio de ameaças, que mostrasse onde morava. A vítima, no entanto, indicou a casa de uma vizinha.

Os bandidos invadiram a casa da mulher, mantiveram dois reféns enquanto reviravam o local, mas logo perceberam que ali era a casa errada e que haviam sido enganados.

Os criminosos roubaram o celular da mulher, ameaçaram o homem de morte e o obrigaram a indicar o endereço certo. Quando estavam na residência do homem, os bandidos cobriram o rosto da vítima e “fizeram um limpa”, levando vários objetos eletrônicos, R$ 400 em dinheiro e a motocicleta Honda Titan.

A vítima acionou a Polícia Militar, relatou os fatos e por meio de imagens de câmeras da região descobriu que os dois assaltantes foram levados ao local do roubo por um terceiro bandido, em um Chevrolet Corsa Classic Branco.

Em rondas pela região, policiais militares conseguiram localizar o carro em um lava jato do bairro Praeirinho, por volta das 2h da madrugada desta terça-feira (18).

A PM pediu o apoio da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Metropolitana). Foi feito o cerco ao estabelecimento e no momento em que os policiais iam abordar o veículo, o ladrão correu a pé. Tentou fugir pulando muros das residências do bairro, quando cortou a mão em pedaços de caco de vidro em cima de um muro e, em seguida, caiu, momento que foi preso.

Os militares encaminharam o bandido à Policlínica do bairro Planalto, onde foi atendido, teve a mão suturada e, em seguida, foi liberado.

Após a prisão, o ladrão indicou o endereço do comparsa, onde o segundo assaltante foi preso e a arma usada no crime, sendo verificada como simulacro (de brinquedo), foi apreendida e encaminhada junto com os criminosos à Delegacia de Polícia Civil, onde foram entregues ao delegado. Os presos foram ouvidos e detidos à disposição da Justiça.

O terceiro envolvido, o motorista do Classic, foi preso momentos depois em frente à Central de Flagrantes, quando foi reconhecido pela vítima.

Fonte: ReporterMT

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️