baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 25 de Julho de 2021

Idoso de Tabaporã vacinado contra COVID 19 que teve documentos clonados está apontado como falecido pelo TCE-MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O município de Tabaporã também foi um dos apontados como tendo vacinado contra covid-19 pessoa registrada como falecida.

Sobre o fato, o secretário de saúde Gilberto Reis Calado da Silva, popular Beto da Saúde, explicou a reportagem da Rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, que a pessoa em questão apontada pelo Tribunal de Contas do Estado, encontra-se viva e morando na cidade de Tabaporã.

Beto explica, que o Tribunal de Contas notificou o município de Tabaporã e deu um prazo para a justificativa até no dia 28, mas no mesmo momento, iniciaram a busca pela pessoa em questão.

Os documentos desse Senhor tido como morto, foram clonados em 2014, no Estado de São Paulo e o cidadão que estava usando os documentos dele, morreu e foi enterrado com a documentação desse Senhor, conta Beto.

Este idoso, que teve os documentos clonado teve vários problemas por causa dessa clonagem, inclusive em relação à sua aposentadoria, precisando fazer prova junto ao INSS para comprovar que estava vivo, explicou.

Não ocasião foi realizado um boletim de ocorrências que será juntado na justificativa a ser entregue ao Tribunal de Contas e se esse senhor puder comparecer para fazer um depoimento, será muito bom, disse.

“O fato é que este senhor está vivo, mora na cidade tem família que mora na cidade e toda essa confusão é porque em 2014, teve seus documentos clonados e quem fez isso faleceu e foi enterrado com a documentação dele”, reforçou Beto.

Tabaporã está seguindo rigorosamente a preconização do Ministério da Saúde em relação a vacina e essa transparência está sendo seguido passo a passo, “não tenho nenhum problema e agora este fato está esclarecido e vai mostrar para toda sociedade de Tabaporã e do Vale do Arinos também”, disse Beto.

É uma situação grave que foi divulgada, mas em relação à Tabaporã está esclarecido e estamos tranquilos, fazendo tudo com muita Transparência e vamos juntar todas as provas para apresentar inclusive com fotografias e filmagens se possível”, concluiu o secretário.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site