baner topo1
Juara – Mato Grosso
Terca-Feira, 03 de Agosto de 2021

Juara: Governo de MT decreta o fechamento do comércio às 19h e toque de recolher a partir de 21h por 15 dias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), decretou nesta segunda-feira (1º), durante reunião com autoridades do Legislativo, Judiciário e prefeitos, o fechamento do comércio, às 19h, e toque de recolher a partir de 21h depois do aumento dos casos da Covid-19 no estado e, consequentemente, a lotação dos leitos hospitalares. A medida valerá por 15 dias.

Com o novo decreto, que deve ser publicado nesta segunda-feira, os comércios de todos os segmentos não poderão funcionar de segunda-feira a sexta-feira das 19h às 5h, e aos sábados, devem fechar as portas depois de 12h, e aos domingos, nenhum estabelecimento pode funcionar.

A regra não vale para as farmácias, estabelecimentos de serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências) e indústrias.

A Polícia Militar está autorizada a dispensar aglomerações, inclusive em bares.

Já os órgãos públicos terão o atendimento presencial suspensos e os servidores vão trabalhar em escalas alternadas. Em sistema de rodízio semanal, 50% dos servidores vão trabalhar presencialmente e outros em teletrabalho.

Os supermercados devem limitar a entrada de apenas uma pessoa por família.

Também está prevista a multa de R$ 180 para pessoa física e com valor proporcional para empresas de acordo com a aglomeração e desrespeito ao toque de recolher.

Restaurantes e lanchonetes delivery devem atuar até as 22h todos os dias.

Nos horários permitidos, as atividades econômicas deverão respeitar as medidas de segurança, como o uso de máscara, distanciamento e limitação de 50% da capacidade máxima do local.

A adoção de medidas mais rigorosas de prevenção à Covid-19 já era previsto. De manhã, houve reunião entre o governador Mauro Mendes (DEM), secretários de estado e representantes do Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Ministério Público, Defensoria Pública e outras instituições, para discutir o assunto.

Na tarde de hoje deve haver uma audiência de conciliação entre representantes das prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande para julgar o pedido feito pelo Ministério Público Estadual (MPE) sobre o fechamento do comércio nas duas cidades pelo prazo de 14 dias.

O MP pediu o fechamento de qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração.

Ocupação
A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Covid-19 em Mato Grosso chegou a 87,95%, nesta segunda-feira (1º). Dos 20 hospitais do estado que tratam pacientes com a doença, o Hospital e Maternidade São Lucas, em Várzea Grande, é o que tem a maior ocupação. Tem 20 leitos e tem 23 pacientes internados, o que corresponde a 115% de lotação.

A ocupação estava em 91% no início da manhã desta segunda-feira, mas, como a Secretaria Estadual de Saúde (SES) criou mais 20 leitos no Hospital Estadual Santa Casa, esse percentual caiu para 87%. A Santa Casa passa a ter 50 leitos de UTI para tratamento de Covid-19, além dos 65 leitos de enfermaria.

Fonte: G1 MT

Com muito ❤ por go7.site