Juara – Mato Grosso
Domingo, 25 de Fevereiro de 2024

1° de Abril é Dia da Mentira, mas algumas brincadeiras terminam mal.

O Dia da Mentira, ou 1º de abril, é celebrado em vários países ao redor do mundo. No Brasil, a data é conhecida por ser um dia de brincadeiras e pegadinhas entre amigos e familiares. Porém, em alguns casos, essas brincadeiras podem ter consequências graves.

A origem do Dia da Mentira não é muito clara, mas há várias teorias sobre como a tradição começou. Uma das histórias mais populares é a de que o dia 1º de abril era considerado o dia do ano em que as pessoas mais mentiam, e que isso se tornou uma brincadeira com o tempo.

No Brasil, a tradição do Dia da Mentira é bastante antiga. Há registros de que a data já era comemorada no país no século XIX. Uma das primeiras brincadeiras de que se tem notícia aconteceu em 1º de abril de 1848, quando um jornal carioca publicou uma notícia falsa sobre uma grande inundação na cidade, que teria causado a morte de centenas de pessoas.

Desde então, o Dia da Mentira tem sido marcado por várias outras brincadeiras que acabaram terminando mal. Em 2013, por exemplo, um jovem de 13 anos morreu em São Paulo depois de ser vítima de uma pegadinha de amigos. Os colegas teriam lhe oferecido uma bebida alcoólica, mas na verdade era álcool puro.

Outro caso trágico aconteceu em 2016, quando um homem foi baleado em Curitiba após fazer uma brincadeira com um amigo. Ele teria se disfarçado de assaltante e entrado na casa do colega sem avisar, mas acabou sendo confundido com um invasor real e foi baleado pelo dono da casa.

Esses casos são apenas alguns exemplos de como as brincadeiras do Dia da Mentira podem ter consequências sérias. Por isso, é importante que as pessoas tenham cuidado ao fazer esse tipo de pegadinha, e que levem em consideração o impacto que ela pode ter na vida de outras pessoas.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br