baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 19 de Setembro de 2021

Hospital Municipal de Juara começa a retomar rotina de atendimentos de antes da pandemia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Entrevista ao vivo a rádio Tucunaré, a 1° Dama de Juara Silvia Sirena, a enfermeira Aline Fernanda e a Secretária de Saúde adjunta Graciela Mendes, forneceram várias informações a respeito do funcionamento do Hospital Municipal de Juara, agora que é a pandemia por COVID 19 demonstra estar em níveis baixos de contaminados.

Sílvia, que reúne uma larga experiência na gestão em Saúde, embora não esteja atuando oficialmente, doa seu trabalho para ajudar o município e informou, que o centro de COVID 19, que funcionava no antigo PAM foi desativado e os tratamentos ambulatoriais estão no Centro de Saúde “Frater Lucas”, antiga UPA.

Nesse momento (20/08) apenas uma pessoa de Juara está internada com covid-19 em enfermaria e o Hospital de campanha foi desativado e assim, pacientes de COVID 19, que surgirem serão internados no Hospital Municipal.

Graciela Mendes orientou as pessoas, que em todo o país, cirurgias eletivas, que são aquelas que o paciente pode esperar sem risco de morte, estavam suspensas, mas agora e aos poucos, essa demanda volta a ser atendida, pois com a diminuição de casos de contaminados por covid-19, a antiga rotina de atendimento começa a ser implantada.

Silvia explicou com detalhes sobre como funciona o protocolo de saúde preconizado pelo Ministério da Saúde e Secr. de Saúde dos Estados na questão da regulação de pacientes do município para a capital Cuiabá. Ela lembrou, que toda pessoa pode recorrer à justiça para tentar apressar o atendimento quando ele está tá demorando, mas mesmo com a judicialização, existe uma fila também para pacientes que conquistaram na justiça o que pediram. Isto posto, ela deixou claro que, muitas especialidades não são contratadas, pelo Município devido a baixa demanda, ou seja, se existem a incidência de poucos casos para determinados especialistas, a secretaria municipal de Juara ou de qualquer outro município, despender os recursos deixando de dar atenção para as demandas maiores e mais comuns e que atende mais pessoas e além disso, não é apenas a questão financeiro, mas a ausência de mão de obra especializada e da estrutura hospital citando como exemplo, as cirurgias neurológicas, onde existem equipamentos de alto custo, existência de UTI a disposição entre outros quesitos, e por isso, uma cirurgia dessa natureza, somente em Cuiabá, ou seja, todas as cidades do Estado levam esse pacientes para a Capital afim de serem tratados com esse tipo de cirurgia e isso gera demora.

Os pacientes que tem algumas doenças com menos incidências são levados para o lugares mais próximos para serem tratados, como no caso da hemodiálise, os pacientes do Vale do Arinos serão atendidos em Juína, “irão de manhã e voltarão à tarde” disse.

A enfermeira Aline agradeceu ao corpo e enfermagem pelo empenho e dedicação em todo esse tempo de pandemia e se colocou à disposição para quem quiser saber informações sobre o trabalho.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site