Juara – Mato Grosso
Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2024

Médico veterinário do INDEA informa sobre a dispensa do exame de Mormo para animais desfilarem em festas agropecuárias

Em entrevista exclusiva à Rádio Tucunaré, o médico veterinário experiente Francisco Valtenio Sales, conhecido como Chiquinho do Indeia, revelou as últimas mudanças nas regulamentações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em relação ao exame de Mormo em cavalos que participam de desfiles em festas agropecuárias. Segundo o especialista, essas alterações trazem novas perspectivas para o setor e permitem uma maior flexibilidade aos organizadores de eventos.

De acordo com Chiquinho do Indea, essa mudança ocorreu no dia 30 de junho, quase em cima da hora, como resultado de um retorno a estudos técnicos realizados recentemente. O MAPA definiu que, para que um caso de Mormo seja considerado positivo, não é mais apenas necessária a comprovação por meio de testes diagnósticos, mas também a presença de sinais clínicos da doença. Com base nisso, o órgão determinou que, para participar de eventos agropecuários, os equídeos não precisam mais apresentar exames negativos para Mormo, sendo suficientes os exames de anemia e comprovação da vacinação contra a gripe.

Essa nova regulamentação acarreta uma mudança significativa na rotina dos médicos veterinários responsáveis ​​pela coleta de sangue para o exame de anemia. Agora, além do exame laboratorial, eles também devem realizar um exame clínico detalhado nos animais para verificar a presença de sinais clínicos relacionados ao Mormo. É importante ressaltar que os animais com tais sinais não poderão participar de desfiles de rua, como ocorre tradicionalmente na EXPOVALE em Juara, por exemplo. Da mesma forma, animais com sinais clínicos da doença não poderão participar de nenhum evento agropecuário.

Chiquinho alerta que ainda há tempo para os proprietários de equídeos (cavalos, mulas e burros) que desejam participar do desfile de abertura da festa em Juara. Ele ressalta a importância de estar com toda a documentação em dia e realizar o exame clínico com antecedência, uma vez que a cidade de Juara não possui infraestrutura para a realização desse exame.

É importante que os criadores e participantes estejam atentos às regulamentações específicas de cada evento, verificando as exigências sanitárias e documentações necessárias para garantir a participação de seus animais. O acompanhamento das atualizações do MAPA e a orientação de profissionais são fundamentais para garantir o cumprimento das normas vigentes e a saúde dos animais envolvidos.

Com as mudanças implementadas pelo MAPA, espera-se que os eventos agropecuários continuem desempenhando um papel fundamental na promoção da agricultura, pecuária e no fortalecimento da economia rural, ao mesmo tempo em que asseguram o bem-estar animal e a segurança sanitária.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Noticias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br