baner topo1
Juara – Mato Grosso
Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2021

Obra asfáltica das MTs-220/160 trará progresso para a região, diz presidente da Associação Intermunicipal da MT-220/160

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A obra de pavimentação asfáltica da rodovia MT 220 trecho que liga o distrito de Novo Paraná ao trevo de Tabaporã está bem adiantada e a previsão é de que após o período das chuvas do próximo ano, a obra seja concluída e inaugurada.

O presidente da Associação Intermunicipal produtores e Beneficiários da Rodovia MT-220/160, Sebastião Esly Piovesan (Tião Piovesan) pontuou que a obra é um grande avanço econômico para a região.

A parceria está sendo feita entre governo do Estado e prefeitura de Porto dos Gaúchos.  Já a prefeitura do município entrou com a contrapartida

O trabalho de reabertura lateral da rodovia está sendo feito com recursos arrecadados através de rateio entre os produtores que possuem propriedades naquela região, por meio de um compromisso com a prefeitura de Porto dos Gaúchos.

Tião destacou a credibilidade de empreiteira que está executando a obra.

Por ocasião da vinda do governador do Estado, Mauro Mendes em Porto dos Gaúchos, em 14 de julho de 2021, o secretário estadual de infraestrutura, Marcelo Oliveira, popular Marcelo Padeiro se comprometeu em 15 dias concluir a licitação do aterro das 02 cabeceiras da ponte de concreto do Rio Arinos na divisão entre Porto dos Gaúchos a Juara passando pelos distritos do Postinho e Catuaí rumo ao Porto de Miritituba.

O presidente, Tião Piovesan classificou a obra de pavimentação asfáltica da rodovia MT 220 e a construção de concreto do Rio Arinos como o fortalecimento de um grande celeiros econômico, que oferece escoamento de toda produção agrícola e pecuária da região do Vale do Arinos chegando ao Porto de Miritituba.

Para o presidente, o governador, Mauro Mendes, o prefeito Vanderlei de Abreu e toda a equipe gestora estão preocupados com o desenvolvimento da região, e isso traz mais ânimo a classe produtora de forma geral.

Fonte: Radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤ por go7.site