Juara – Mato Grosso

25 de julho de 2024 14:07

Proprietários de veículos relatam que foram multas em outros estados sem nunca terem saído de Juara

Algumas pessoas moradoras de Juara tem procurado a unidade da 23ª Ciretran relatando que nunca saíram da cidade de Juara, mas que receberam cobrança de multa de trânsito vindo de outras cidades.

A reportagem da rádio Tucunaré procurou informações com o chefe da 23ª Ciretran de Juara, Raphael Matos para saber quais procedências essas pessoas deverão tomar com relação a essas cobranças de multas de seus veículos.

Raphael Matos explica que existem duas situações:

A primeira que pode ter sido ocasionada por um erro de algum agente de transito que cadastrou a placa errada.

A segunda hipótese pode se tratar de um sistema de clonagem de placas de veículos.

Como o proprietário dever agir:

No caso da placa errada, o proprietário da multa poderá se dirigir até o Ciretran pegar um protocolo para fazer um recurso ou no próprio site do Detran, isso caso a multa tenha sido aplicada pela Polícia Militar ou Batalhão, ou seja multa referente a Detran.

Caso a multa seja feita pela Polícia Rodoviária Federal ou Denit, ai o proprietário da multa deverá entrar direto no site desses órgãos e fazer sua defesa com as devidas comprovações.

O cidadão deve elaborar todas as informações apontando a comprovação de que não esteve na data e local indicado onde foi aplicada a multa.

No caso do suspeito de clonagem, o proprietário veículo deve registrar um boletim de ocorrência na Polícia Judiciária Civil para as devidas providências.

O tempo para ter uma resposta em relação ao deferimento ou indeferimento dos recursos impetrados demora em torno de 20 a 30 dias mediante o numero de protocolo.

Ouça a entrevista do chefe da 23ª Ciretran de Juara, Raphael Matos:

 

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br