Juara – Mato Grosso
Sábado, 20 de Agosto de 2022

Vigilância ambiental de Juara registra aumento do foco de infestação de dengue em Juara

O monitoramento do Aedes aegypti, realizado pela vigilância ambiental de Juara indica que o índice médio de infestação de fêmeas adultas do inseto vetor da dengue, zika e chikungunya, alcançou o nível mais elevado.
Segundo a bióloga da vigilância ambiental, Arlete Ramos, No ano de 2021 a vigilância epidemiológica registrou 11 casos notificados para a dengue, já nos 3 primeiros meses de 2022 teve o registro de 15 casos notificados. Arlete destacou que um dos fatos que levam o aumento é o período de chuvas no ano de 2022 que estão mais intensas que no ano de 2021, e nessa circunstância a população se acomodou e a acabou deixando os cuidados de lado e acabou acumulando depósitos propícios para acumular água e acontecer a proliferação do mosquito.
Segundo o Boletim epidemiológico liberado pela vigilância ambiental, a maioria dos depósitos estão nas residências seguido pelos terrenos baldios.
Alguns sintomas da Dengue, Chikungunya e Zika
Dengue: caso suspeito – febre alta de início súbito, com duração máxima de sete dias, acompanhada de pelo menos duas das seguintes manifestações: dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor muscular, dor nas articulações, manchas vermelhas na pele, erupções na pele, náuseas, vômitos, prova do laço positiva ou baixa contagem de leucócitos (comprovado em exame de sangue, em análise laboratorial).
Chikungunya: caso suspeito – fase aguda – paciente com febre alta de início súbito, com duração máxima de sete dias, acompanhada de dor nas articulações ou artrite intensas de início súbito e não explicadas por outras condições. Pode estar associado à dor de cabeça, dor muscular e erupções na pele. Considerar história de deslocamento nos últimos 15 dias para áreas com transmissão de Chikungunya.
Zika: pacientes que apresentem exantema maculopapular pruriginoso (erupção aguda e generalizada), acompanhado de pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre baixa ou inaparente, hiperemia conjuntival sem secreção e prurido, poliartralgia, edema periarticular.

Fonte: Radio tucunaré e Acesse noticias

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.