Juara – Mato Grosso
Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2024

Vigilância Ambiental de Juara explica quais os procedimentos para realização do “Fumacê” contra dengue

A união de calor e chuva próprias do verão oferece condições ideais para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. Por isso, é preciso uma atenção maior a fim de se evitar focos que permitam sua reprodução, especialmente, nessa estação do ano. Em Juara-MT, o período favorável ao aumento da doença já se fez sentir, pois, ouve um aumento significativo nos casos da doença.

A Bióloga da UVZ de Juara, Arlete Ramos Assunção, conversou com a reportagem da Radio Tucunaré e Site Acesse Notícias que explicou, que o ambiente limpo e sem água parada inibe a permanência do mosquito.

Arlete explicou ainda, que em Juara, boa parte da população solicita que a UVZ realize o “fumacê” em seus bairros, uma vez que o “fumacê” é uma estratégia encontrada pelo governo para controlar as populações de mosquitos, e consiste em passar um carro que emite uma “nuvem” de fumaça com baixas doses de um agrotóxico que elimina a maior parte dos mosquitos adultos presentes na região.

A Bióloga destacou que para a equipe realizar esse tipo de trabalho, é necessário que as pessoas que estejam com o sintoma da doença, e que essas pessoas procurem uma unidade de saúde para realizar a consulta com o médico, e posteriormente, o médico realizar o preenchimento de uma ficha de notificação para encaminhar vigilância ambiental, e assim que a vigilância ambiental receber a ficha, realizará uma programação para concluir o trabalho.

Embora não seja a forma mais segura de eliminar mosquitos, é bastante rápida, fácil e eficaz, tornando-se uma das principais armas usadas contra os mosquitos durante epidemias.

Fonte: Radio Tucunaré/ Acesse Noticias /Soan de Barros

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br