baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020

Legislativo e Executivo de Juara se solidarizam com comerciantes. Entenda o drama da classe.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O poder legislativo de Juara após tomar conhecimento dos problemas vividos pelos comerciantes de Juara através da matéria veiculada pela Rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, se solidarizou com a causa e através de seu presidente o Vereador Leo Boy, anuncia que o Poder Legislativo e Executivo vão adotar medidas para ampliar a segurança do comércio de Juara.

Leia: Comerciantes de Juara são alvo de fiscalização durante o dia e de bandidos na madrugada. Veja vídeo

Comerciantes de Juara se queixam para a reportagem da Rádio Tucunaré, de terem se transformado em “bode expiatório” da pandemia. Com medo de perseguição, não querem aparecer. Uma lei estadual foi criada com punições a eles e então, são fiscalizados de maneira intensa, no entanto, a população em geral, não segue as normas de segurança para evitar o vírus covid19 e nas ruas é comum ver pessoas sem máscaras e realizando encontros festivos, ou seja, a missão de evitar a disseminação do vírus não é somente dos comerciantes, mas de todos, porém somente eles são duramente vigiados e multados, assim reclamam.

Entenda o drama dos comerciantes de Juara

  • A lei Estadual lei n° 11110 DE 22/04/2020 obriga comerciantes a exigirem uso de máscaras de todos funcionários e clientes sob pena de multa de 80 reais por pessoa. Devem fornecer álcool gel e zelar pela distância entre as pessoas devido a pandemia. Para tanto, os fiscais do PROCON e da prefeitura exercem vigilância constante (veja várias matérias sobre fiscalização nesse site) para cumprimento dessa lei e também do Decreto Municipal.
  • Quando o comerciante cobra o cliente, o uso da máscara, acabam causando constrangimento e escutam com frequência: por que devo usar máscara se nas ruas ninguém está usando?
  • Nas ruas é público e notório que a população em geral, não usam máscara, reúnem com frequência em festas, realizam eventos clandestinos (poucos são dispersados).
  • Não bastasse a opressão das cobranças fiscalizatórias durante o dia, cujo respaldo legal foi criado exclusivamente para normatizar os comerciantes de todo Estado de MT, houve ainda, um aumento expressivo de furtos e depredações dos estabelecimentos comerciais em Juara e, apesar de todo empenho da PM, em prender os meliantes, os mesmos acabam sendo soltos e caminhando novamente pelas ruas, devido as leis brandas do país, aumentando a insegurança da classe comercial, maior empregadora de Juara.

Tais colocações são recorrentes entre os comerciantes, que estão bastante aborrecidos com tudo que vem acontecendo, pois a  Classe não vê medidas de proteção, mas apenas de repressão contra eles.

Diante desse quadro, o Presidente da Câmara Leo Boy, em entrevista à Rádio Tucunaré, declarou sua solidariedade a classe dos comerciantes e anuncia que conversou em reunião com o Prefeito Carlos Sirena e ambos os Poderes (Legislativo e Poder Executivo) e o Comando da Policia Militar, que através de um termo de colaboração, poderão ampliar a atuação da PM de Juara para protege-los mais intensamente.

Seria uma parceria entre o Município de Juara e a Secretaria de Segurança Pública, a fim de direcionar para da PM de Juara, criando recursos para contratar policias militares em horários de folga, para prestarem serviços ao município e assim, ampliar a segurança.

Leo Boy acredita que isso pode trazer um pouco mais de tranquilidade e de paz aos moradores de Juara e principalmente aos nossos tão sofridos comerciantes, que sofrerem com fiscalizações por causa dessas leis, e acabam causando transtornos, assim se solidarizou o vereador Leo Boy.

Ouça a entrevista:

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️