baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 23 de Janeiro de 2021

Líbano prorroga estado de emergência até 31 de dezembro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O presidente do Líbano, Michel Aoun, anunciou nesta quarta-feira (26) a prorrogação do estado de emergência no país até o fim deste ano, para tentar conter a prorrogação do novo coronavírus, depois de um aumento no número de casos ocorrido após a megaexplosão no porto de Beirute em 4 de agosto.

Leia também: Israel ataca postos do Hezbollah no Líbano após disparos contra tropas

Após reunião entre o Conselho Supremo de Defesa, foi definida a extensão da medida até 31 de dezembro, o que representa uma “mobilização geral” do governo para a implementação de medidas e procedimentos impostos pelo Ministério do Interior contra o patógeno que provoca a covid-19, segundo explicou o chefe de Estado.

Entre as normas impostas, está obrigação do uso de máscara em qualquer espaço público e a obrigação de bares e restaurantes de não ultrapassarem 50% da ocupação dos estabelecimentos.

Temor com a covid-19

Segundo Aoun, o Conselho Supremo de Defesa pediu que todos os militares e integrantes de força de segurança sejam rígidos para fazer cumprir as normas decretadas, assim como contra qualquer violação que possa levar a propagação do novo coronavírus.

O governo do Líbano decretou estado de emergência em 15 de março, por causa da pandemia da covid-19. Hoje, antes do início da reunião de cúpula, o primeiro-ministro interino, Hasan Diab, afirmou que a situação no país pode ficar fora de controle, se o número de casos de infecção seguir aumentando.

Desde o mês passado, o contágio vinha aumentando no país, mas a partir de 4 de agosto, quando quase 3 mil toneladas de nitrato de amônio explodiram no porto de Beirute, provocando mortes e destruição a quilômetros de distância, houve uma alta acentuada.

Desde o último dia 18, as autoridades já tinham decretado toque de recolher, que vigorará até 6 de setembro.

Ontem, o Líbano contabilizou 12 mortes em decorrência da covid-19, um recorde diário desde o início da pandemia, o que elevou o total para 138. Além disso, o país já registrou 13.687 casos de infecção.

Fonte: R7

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️