Maia quer colocar dívida dos Estados em votação no início da próxima semana

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O presidente da Cmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou nesta tera-feira, 26, que colocar o projeto da renegociao da dvida dos Estados em votao j no incio da prxima semana. Maia anunciou que ir convocar sesses deliberativas no plenrio da Casa na segunda (1º), tera (2) e quarta-feira (3). Esta ser a estreia do parlamentar no comando de uma votao. Apesar do otimismo de Maia, alguns parlamentares consideram que o qurum pode ser baixo devido a volta do recesso parlamentar. Maia considera que poder haver apoio inclusive da oposio para garantir a aprovao da matria, que defendida pelo governo interino de Michel Temer. ‘Vou marcar uma reunio de lderes e sesso no plenrio para segunda, tera e quarta de manh. Espero que a gente possa ter produtividade, acho que a renegociao da dvida, ela um projeto de lei complementar, acho que os governadores da oposio tambm tm interesse em aprovar, lgico que pode ter um bom consenso na segunda ou tera para a gente votar essa matria.‘ Segundo Maia, no houve um novo pedido do governo sobre a PEC da renegociao, porm ele tem sido procurado por servidores de diversos Estados que esto preocupados com o texto, principalmente, segundo ele, com aspectos que abordam a terceirizao. ‘O maior pleito de servidores dos Estados em relao ao que se incluiu de Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) dentro da lei que torna mais rgido, inclusive a questo de incorporao de gratificaes desses temas. Acho que d para tentar compor algo para que a gente consiga a aprovao disso logo nos primeiros dias de agosto‘, disse. Alm da PEC da renegociao da dvida dos Estados, Maia tambm afirmou que a sua expectativa aprovar o projeto que altera as regras de explorao do pr-sal ainda ms de agosto, antes da eleio municipal. As duas matrias, contudo, so consideradas polmicas inclusive pelo lder do partido de Maia, Pauderney Avelino (AM), que tambm compe a base de Temer. Segundo Pauderney, os temas devem ser colocados em votao, porm ele acredita que haver muita resistncia e manifestaes contrrias no plenrio at mesmo de aliados. Para o lder do DEM, a PEC da renegociao injusta, pois beneficia os maus pagadores. J a PEC do pr-sal poder ter uma obstruo forte devido a presso popular. Questionado sobre o pedido de cassao do ex-presidente da Cmara, o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Maia no foi to otimista em relao ao qurum da Casa e disse que o tema ainda precisar ser discutido com os lderes partidrios na segunda. ‘A questo do Cunha vai ser tratada no incio da prxima semana com os lderes. No vou pautar um tema que eu possa ter que trocar a data, se eu trocar a data pior. O plenrio tem que estar cheio e uma data s, no vou mudar a data, o dia que eu marcar essa data vai ser honrada‘, declarou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️