baner topo1
Juara – Mato Grosso
Terça-Feira, 13 de Abril de 2021

Mais de 62% dos empresários do turismo recorreram a crédito durante pandemia em Mato Grosso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Mais da metade das empresas do trade turístico de Mato Grosso mantiveram os empregos durante a pandemia da Covid-19 e 62% recorreram a crédito em agências de fomento e bancos. É o que revela a pesquisa “Impactos e Perspectivas sobre o Setor de Turismo em Mato Grosso”, realizada pelo Observatório do Desenvolvimento, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico.

O crédito foi fundamental para que as empresas mantivessem as portas abertas. Mais de 50% dos entrevistados disseram que seu negócio sofreu impacto de 75% a 100% durante a pandemia e 29% acreditam que a previsão de retorno de faturamento será em 2022.

De acordo com os dados do Fundo Geral do Turismo, operado em Mato Grosso pela Desenvolve MT, foram aportados mais de R$ 5,9 milhões em 66 operações de capital de giro e aquisição de máquinas e equipamentos. Empresas de 19 municípios do Estado acessaram o crédito no ano passado.

Das empresas que demitiram durante a pandemia, quase 12% já recontrataram pessoal e mais 11,8% tem previsão de recontratar no segundo semestre de 2021. Em relação as medidas para viabilizar os negócios, 18% reduziram custos, despesas e tarifas de produtos e serviços, 17% investiram em marketing e mídias sociais e 17% investiram em medidas de biossegurança.

O Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável, um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor. O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.

A pesquisa coordenada pela Secretaria Adjunta de Turismo revelou que 44,4% das empresas aderiram ao selo Turismo Responsável. Foram emitidos 260 selos em Mato Grosso, especialmente para meios de hospedagem e agências de turismo.

Os empresários responderam ainda sobre as perspectivas e tendências do setor do turismo no Estado. O ecoturismo, turismo de natureza e sustentabilidade foram citados por 15% dos entrevistados, 13% destacaram turismo de negócios e eventos, com destaque para o agronegócio, e 12% citaram turismo regional e preferência pelas viagens curtas.

A pesquisa foi realizada com prestadores de serviços turísticos com cadastro válido no Sistema Cadastur. Foram 144 respondentes em 36 municípios mato-grossenses.

Fonte: Sonoticias

Com muito ❤ por go7.site