baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020

Mato Grosso deve implantar sistema que unifica as bases de dados da previdência com INSS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
SÃO PAULO, SP, 27.08.2018 - Beneficio dos aposentados serão depositados a partir de hoje (27) a 10 de setembro na folha de pagamento mensal do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Na foto, site do INSS do celular. (Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress)

Mato Grosso poderá ser o primeiro estado a implantar um sistema que unifica as bases de dados dos Regimes Próprios e do Regime Geral de Previdência. O convite foi feito pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o tema foi pauta de uma reunião entre o presidente do Mato Grosso Previdência (MT Prev), Elliton Souza, o diretor administrativo e financeiro, Epaminondas Castro, com o presidente INSS, Leonardo Rolim, em Brasília.

De acordo com o presidente do MT Prev, Elliton Souza, essa parceria entre os regimes de previdência é muito importante para uma seguridade efetiva do cidadão. “Estamos trabalhando juntos para garantir a sustentabilidade do sistema previdenciário não só de Mato Grosso, mas do Brasil. Para isso, cada estado deve fazer a sua parte tanto com relação às contas, quanto aos procedimentos internos de controle”, afirma.

O novo sistema ainda está em desenvolvimento pelo INSS com o objetivo principal do fortalecimento da gestão, governança e transparência, e o cumprimento de dispositivos constitucionais e legais. Com a integração dos dados, será possível emitir a Certidão de Tempo de Contribuição, conceder aposentadorias e pensões, bem como efetuar a compensação previdenciária de forma totalmente eletrônica.

No encontro, foram discutidas também ações para viabilizar e agilizar as análises dos processos de compensação previdenciária do Regime Próprio do Estado de Mato Grosso pelo INSS, e ações para aprimorar o trabalho do MT Prev na instrução dos processos. Os recursos provenientes deste trabalho são usados para custear parte do pagamento dos aposentados e pensionistas.

Apenas no ano de 2019, o MT Prev recebeu aproximadamente R$ 18 milhões desta fonte. A Compensação Previdenciária é um acerto de contas entre o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). Na prática, a compensação gera direito ao MT Prev de receber do INSS valores referentes às contribuições dos servidores ao regime geral, antes da entrada no regime próprio.

O Mato Grosso Previdência é a Unidade Gestora Única da previdência dos servidores estaduais.

Também participaram da agenda  que ocorreu na semana passada o chefe de gabinete do INSS, Sidarta Costa de Azevedo Souza, o diretor de Benefícios, Alessandro Roosevelt da Silva Ribeiro, e o coordenador-geral de Reconhecimento de Direitos, Fabio Comanducci Nascimento. As informações são da assessoria.

 

Fonte: Sonoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️