baner topo1
Juara – Mato Grosso
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

Mato Grosso elabora plano de enfrentamento ao coronavírus após reunião no Ministério da Saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O governo de Mato Grosso esteve representado na reunião, ontem, pelo Ministério da Saúde, em Brasília. Na oportunidade, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, anunciou a construção do Plano Estadual de Contingência para Enfrentamento ao novo Coronavírus. “Estamos estabelecendo um plano de trabalho em conjunto com todas as instituições para que seja célere e que estejamos preparados para, se houver algum caso confirmado em Mato Grosso, dar a assistência que nossa população merece”.

Apesar de não haver nenhum caso confirmado do novo Coronavírus no país, o Ministério convocou a reunião com os secretários estaduais e municipais de saúde para conhecer os planos de enfrentamento ao vírus de cada Estado. Na reunião, ficou acertado que os Estados têm até a próxima semana para enviar o plano finalizado ao Ministério.

Além do plano em elaboração, Mato Grosso também ativou o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COES) como medida preventiva para uma possível entrada do vírus em território mato-grossense. O secretário adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde da SES, Juliano Melo, que também participou da reunião em Brasília, explica que o objetivo do Centro de Operações é articular e organizar as ações de preparação do estado diante de uma eminente epidemia.

“O COES deve responder de forma oportuna e proporcional às situações de emergência em saúde pública, realizando o planejamento, organização, coordenação, avaliação e execução das ações de resposta. Ele permite a definição de estratégias e ações adequadas para enfretamento de emergências, por meio de análise dos dados e informações, subsidiando a tomada de decisão dos gestores e técnicos”, explica Juliano.

A secretaria já realizou uma reunião de alinhamento das ações com as Secretarias Municipais de Saúde de Cuiabá e Várzea Grande e com a equipe da Anvisa, responsável pelos setores de Portos e Aeroportos.

Os profissionais de saúde dos demais municípios do Estado receberão as mesmas orientações por meio de uma nota técnica, que definirá o fluxo de atendimento. Esse documento está sendo elaborado pelo órgão estadual, pela Anvisa do Estado, pelo Hospital Universitário Júlio Müller e conta com o apoio da Casa Civil.

Fonte: Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️