Médico explica porque o isolamento social é tão necessário em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Em entrevista exclusiva rádio Tucunaré Dr Auro Renan diretor Clínico do Hospital Municipal de Juara, explicou de forma didática, como acontece o processo de contaminação da população e porque o Isolamento social é tão importante.

O pico da doença, ou seja, o auge das pessoas contaminadas, por estimativa, está sendo aguardada por volta de 05 a 20 de Abril, o que significa que nessa semana estariam acontecendo o maior período de contagio das pessoas.

Dr Auro disse que orientou o Prefeito Municipal a radicalizar o decreto municipal, no sentido de manter as pessoas dentro de casa, isolando o mais possível e evitando as aglomerações, porque se trata de uma doença com alto índice de transmissão. Quando se pensa onde houve a doença em cidades maiores, os filhos, amigos irmãos, estão saindo do isolamento em que estavam e indo para cidades do interior, onde encontram com outros familiares e trazem o vírus na bagagem, explicou.

É nesse período, que as pessoas que estavam em cidades grandes levam o vírus para as pessoas do interior do país, como no caso de Juara, disse. “Aquelas festinhas que acontecem entre amigos e famílias são os lugares mais aptos para a transmissão”, alertou.

Devido ao contágio ser muito rápido e muito abrupto, havendo muitos pacientes e muitas pessoas contaminadas, o sistema de saúde não tem condições de atender muitos números de casos de uma única vez, então, “com a quarentena domiciliar, essa curva se alarga”. Se tivermos muitos casos tudo de uma única vez num Hospital pequeno, fica difícil dar atendimento adequado ao passo que se esses casos forem surgindo de forma mais pulverizada será possível com fluxo menos intenso de pacientes, então o atendimento poderá ser adequado à todos os pacientes.

O isolamento social tem essa função, fazer com que a contaminação aconteça de maneira espaçada.

Essa semana, é a semana para o contágio do vírus, então se todos se resguardarem em casa, em isolamento domiciliar, daqui 15 ou 20 dias, vão poder falar com convicção, e podem até me considerar um louco, mas vai ter a tranquilidade de saber que estamos sem casos positivos e sem mortes de pessoas queridas e seguir as nossas vidas que é o desejo de todos”, encerrou o médico.

Ouça a entrevista

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️