Menor sofre tentativa de estupro e homicídio ao pegar carona com caminhoneiro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Um caminhoneiro foi preso em flagrante por oferecer dinheiro a uma adolescente de 15 anos para ter relações sexuais com ela e após a recusa, o acusado teria tentado estuprar e assassinar a menor em meio a um matagal da BR-158, nas proximidades do município de Canabrava do Norte (1.142 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, a adolescente teria pedido carona ao acusado na cidade de Ribeirão Cascalheira (241 km de Canabrava do Norte) e estaria com destino a Confresa. Porém, ao passar pela região conhecida como ‘entroncamento do Luizinho’, o motorista teria começado a agir ‘estranho’ e perguntou para a vítima ‘quanto ela queria para fazer sexo com ele’.

Assustada, a jovem teria respondido que não era “p*” e que não queria dinheiro nenhum. A menor relata que nesse momento teria tentado descer do caminhão, mas as portas estavam trancadas.

Poucos quilômetros à frente, o homem teria parado o veículo e levado à força a jovem para o matagal, à margem da BR-158 em Canabrava do Norte, onde agrediu a adolescente com socos no rosto e ainda tentou estuprar a garota sob ameaças de morte.

A vítima teria entrado em luta corporal com o pedófilo e conseguido se desvencilhar dos braços dele, quando correu e conseguiu se esconder até que o acusado desistisse de procurar por ela e fosse embora.

Após perceber que o estuprador tinha partido no caminhão, a menina saiu do meio do mato, correu em direção à cidade, onde pediu socorro e contou o que tinha acontecido.

A Polícia Militar (PM) ouviu a denúncia e de posse das características relatadas pela adolescente, tanto do acusado quanto do caminhão, os militares saíram em patrulhamento e localizaram o caminhão na BR.

O agressor foi abordado e dentro do veículo foram encontrados pertences da menor, deixados para trás quando a jovem foi ‘arrastada’ para o meio do mato.

O motorista recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil do município, onde o delgado ouviu as duas partes e o acusado foi mantido preso aguardando os procedimentos cabíveis ao caso.

Fonte: ReporterMT

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️