Ministério da Cultura volta atrás em demissões

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O Ministrio da Cultura voltou atrs e no vai mais exonerar a presidenta da Cinemateca Brasileira, Olga Futemma, nem outros quatro tcnicos da instituio cujas demisses haviam sido publicadas no Dirio Oficial da Unio (DOU). Na ltima tera-feira (26), foram publicadas no DOU as exoneraes de 81 ocupantes de cargos comissionados no Minc, entres eles Olga Futemma e o diretor do Museu Vila-Lobos, o maestro Wagner Tiso Veiga, que tambm integra o Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicao (EBC). O ministro da Cultura, Marcelo Calero, negou que as baixas tiveram motivao poltica, alegando que estava atentendo a uma reinvidicao da sociedade de substituir os ocupantes dos cargos por servidores de carreira. Hoje (30), o ministrio informou, por meio de nota, que tornar sem efeito a exonerao de Olga Futemma por ela ter “se destacado na gesto deste imprescindvel rgo de preservao da memria de nosso audiovisual”. Ela servidora de carreira aposentada do ministrio, no qual ingressou em 1984. A Cinemateca Brasileira responsvel pela preservao da produo audiovisual brasileira. Segundo o ministrio, os outros quatro tcnicos tambm sero reconduzidos a seus postos por possurem competncias tcnicas dificilmente encontradas em outros integrantes do corpo funcional do ministrio. Em substituio a Olga, Calero havia nomeado Oswaldo Massaini Filho para a diretoria da Cinemateca Brasileira. Ele acusado de crime de estelionato, e sua indicao recebeu fortes crticas de pessoas ligadas rea da Cultura.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️