Modelo tran tem o maxilar e nariz quebrados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A modelo Alice Felis, de 25 anos, foi brutalmente agredida dentro de seu próprio apartamento, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. A agressão aconteceu na madrugada de domingo, quando Alice, que é transexual, estava em casa com um homem de aparentemente 20 anos que conheceu em um bar próximo de sua residência. Ela teve o maxilar, o nariz e vários dentes quebrados, além de ter ficado com muitos hematomas.

A advogada da modelo, Fêh Oliveira, conta que Alice, que é Vitória, no Espírito Santo, e está no Rio há cerca de cinco anos, conheceu o rapaz quando esteve em um bar na Rua Miguel Lemos para comprar uma cerveja.

“Ela viu o rapaz lá, trocou olhares com ele e pediu para o garçom lhe entregar o número de seu telefone. Quando estava indo embora, o rapaz foi até ela, perguntando aonde ela morava, e se ofereceu para ir lá ficar com ela”, conta a advogada.

No apartamento, os dois beberam a cerveja que Alice havia comprado, inclusive voltando ao bar para comprar outras por algumas vezes. Segundo a advogada, o rapaz pediu para usar cocaína e a modelo, apesar de não ser usuária de drogas, deixou.

“Depois, eles foram tentar ter uma relação sexual e o rapaz não conseguiu ter ereção. Foi quando ele começou a ficar nervoso. Ela chegou a comprar um estimulante sexual, mas não fez efeito. Foi quando ela sugeriu que eles tomassem um banho juntos para que ele relaxasse”, narra Fêh.

Depois do banho, Alice pediu para ele fazer uma massagem nela. A advogada conta que as agressões começaram neste momento.

“Quando ela deitou na cama, ele se aproveitou que ela estava de costas para começar a agredi-la. Primeiro, ele agarrou o pescoço dela, como se fosse estrangulá-la. Ela reagiu e ele começou a esmurrá-la, a jogá-la no chão, esfregar sua cara na parede, nos lugares, e quebrando um vidro do apartamento no corpo dela”, detalha.

AMEAÇADA DE MORTE

O agressor chegou a pegar uma faca na cozinha e ameaçou matar Alice, pedindo para ela deixar o bairro. A modelo implorou por sua vida, até que ficou desacordada.

Foi quando o homem revirou o apartamento e pegou cerca de R$ 3,6 mil que ela tinha guardado. Ele ainda retirou o chip do celular de Alice e quebrou.

Quando acordou, cerca de duas horas depois, Alice correu para pedir socorro aos vizinhos. Um deles a atendeu e chamou a polícia. Eles imaginavam que o agressor ainda poderia estar no apartamento ou pelo edifício.

Alice procurou atendimento médico no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Lá, ela ficou sabendo que teve o maxilar e o nariz quebrados

 

Fonte: O Dia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️