MP pede internação de adolescente que participou de homicídio em Juína

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O MPE, através da promotoria de justiça de Juína, pediu a internação de um adolescente apontando nas investigações como um dos autores do assassinato de Claudio Adão da Silva, o ‘Negão do funk’, que tinha 36 anos, ocorrido no dia 29 de setembro do ano passado no bairro São José Operário. Ele está apreendido na delegacia de polícia.

O adolescente foi delatado por testemunhas e pela própria vítima que antes de morrer prestou depoimento a polícia civil. Outro menor também está envolvido no crime, além de Adriano Soares dos Santos, de 30 anos, o vulgo “Sonic”, que foi preso dia 23 de outubro depois de pedido de prisão representado ao judiciário pelo delegado de polícia titular de Juína doutor Marco Bortolotto Remuzzi.

O motivo pelo qual os suspeitos cometeram o homicídio, segundo depoimento da vítima, foi que o Adriano havia alegado que “Negão do Funk” estava olhando para sua mulher, este enfurecido e de posse de uma arma branca (canivete) com a participação dos menores desferiu vários golpes contra a vítima (aproximadamente 17 golpes), que foi socorrida, mas morreu dia 16 de outubro na UTI.

O menor apreendido deverá ser ouvido nesta semana pelo juiz da vara da infância e juventude do município.

Adriano que está preso preventivamente responderá por homicídio qualificado e os adolescentes responderão por ato infracional, por homicídio.

A polícia civil apreendeu um canivete no dia do crime que estava com vestígios de sangue e que pode ter sido utilizado no homicídio.

 

Fonte: JuinaNwes

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️