Juara – Mato Grosso
Terca-Feira, 27 de Fevereiro de 2024

Rússia: mulher suspeita de entregar bomba a blogueiro militar é presa

Vladlen Tatarsky era conhecido por suas críticas aos reveses militares russos na Ucrânia, mas era considerado um ativista pró-Putin. | Foto: Alexander Demyanchuk/TASS

A polícia da Rússia anunciou que prendeu uma mulher suspeita de entregar uma bomba, que matou o blogueiro militar russo Vladlen Tatarsky, em um café, em São Petersburgo, no domingo 2. O ataque deixou ainda outras 32 pessoas feridas.

O Ministério do Interior russo identificou a suspeita como Daria Trepova, uma moradora de São Petersburgo, 26 anos, que já havia sido detida por participar de manifestações antiguerra.

A agência de notícias Interfax relatou sua prisão no fim do domingo 2, mas depois recuou e informou que ela estava fugindo, enquanto sua mãe e irmã eram convocadas para interrogatório.

A imprensa russa afirma que a bomba estava escondida em um presente que a suspeita teria dado ao blogueiro momentos antes da explosão. O dispositivo foi detonado no local, causando o colapso de parte da fachada do prédio.

As autoridades estão investigando a motivação do crime, e a prisão de Daria Trepova sugere que as autoridades russas consideram a possibilidade de um ataque político. O promotor de São Petersburgo, Viktor Melnik, foi designado para coordenar as investigações.

Tatarsky era conhecido pelas suas críticas aos reveses militares russos na Ucrânia, mas era considerado um ativista pró-Putin.

Fonte: Revista Oeste

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br