baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 19 de Setembro de 2021

Violência faz Médico Sem Fronteiras se retirar de bairro no Haiti

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
R7

A ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) anunciou, nesta segunda-feira (2), em nota sua retirada definitiva de um bairro popular de Porto Príncipe, a capital do Haiti, devido aos conflitos entre gangues que assolam a região.

O bairro de Martissant está há vários anos sob o controle das gangues, mas a violência se intensificou nos dois últimos meses com a multiplicação dos confrontos entre grupos armados pelo controle desta região de Porto Príncipe.

A retirada da MSF segue a da polícia, que já abandonou a delegacia do distrito devido à violência das gangues, enquanto vários milhares de habitantes tiveram que fugir de suas casas e os bancos e comércios foram saqueados pelos grupos armados.

Médicos Sem Fronteiras suspendeu suas atividades em Martissant há um mês, depois que foi alvo de um ataque das gangues.

“Incapaz de garantir a segurança de sua equipe e dos pacientes, e querendo chamar a atenção para a situação insustentável de Martissant, MSF se viu obrigada a fechar suas portas depois de 15 anos na região”, disse a ONG em um comunicado.

MSF disse que não teve tempo de retirar suas logotipos do edifício, portanto se desligou de “qualquer responsabilidade pelo o que possa acontecer nos antigos edifícios do Centro de Emergências”.

Fonte: R7

Com muito ❤ por go7.site