Na China, milhões de estudantes retornaram às salas de aula

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Mais de 107 milhões de estudantes chineses retomaram as aulas, representando quase 40% do total, enquanto apenas cinco províncias das 34 divisões administrativas do país não retornaram às atividades nas universidades, de acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (12) pelo Ministério da Educação da China.

O diretor do grupo de controle da epidemia do Ministério da Educação, Wang Dengfeng, explicou que quase 3 milhões de estudantes que iniciaram as aulas são universitários, pertencentes a 26 províncias do país, exceto os de Hebei (nordeste), Shandong (leste), Hubei (centro), Heilongjiang (nordeste) e Pequim, onde as aulas ainda não recomeçaram.

Mais de 31 milhões de estudantes voltaram às aulas nas escolas de ensino médio e quase 44 milhões nas do ensino fundamental em 21 províncias, enquanto os jardins de infância abriram em apenas oito províncias no país.

Em relação à situação epidêmica no sistema educacional, Wang destacou que atualmente há apenas um caso confirmado entre todos os professores e alunos em todo o país – tanto os que iniciaram as aulas quanto os que não – enquanto há 14 pacientes assintomáticos que estão sob observação médica.

O caso confirmado está relacionado a um dos chamados casos “importados”, de viajantes do exterior, na província de Heilongjiang, no nordeste.

No sistema educacional – que inclui um total de 278 milhões de estudantes e 17 milhões de professores e outros funcionários – foram registrados 43 casos “importados”, todos com alta, segundo Wang.

Em Pequim, onde as aulas começaram apenas nas últimas séries do ensino médio e fundamental, pulseiras eletrônicas começaram a ser usadas para medir a temperatura corporal dos alunos.

A pulseira, semelhante a uma pulseira de exercícios, possui um sensor embutido que mede automaticamente a temperatura corporal da pessoa que a usa e emite um alerta se for detectada uma leitura elevada.

Fonte: R7

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️